Esportes

Primeiro paraibano a vestir a camisa da Seleção Brasileira, ex-atacante Índio morre aos 89 anos

Índio era natural de Cabedelo e morreu no domingo (19).




Foto: Reprodução

Exatamente no dia em que se comemora o personagem do seu apelido, o ex-jogador paraibano Aluísio Francisco da Luz, conhecido como Índio, morreu neste domingo (19), aos 89 anos. O atacante, nascido em Cabedelo, marcou época nos anos 50, quando vestiu as camisas do Flamengo e da Seleção Brasileira. Ele disputou a Copa do Mundo de 1954, sendo o primeiro paraibano a vestir a camisa verde-amarela na história.

Pelo Flamengo, Índio conquistou o tricampeonato carioca (1953-1954-1955) e tem seu nome escrito entre os dez maiores goleadores do rubro-negro, com 140 gols marcados em oito anos de carreira no clube.

Além do futebol carioca, Índio também jogou em outros importantes clubes do futebol brasileiro, como Corinthians e América do Rio. Antes de pendurar as chuteiras, teve uma passagem internacional pelo futebol da Espanha, atuando pelo Espanyol da Catalunha.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.