Esportes

Para técnicos, aproveitamento foi a palavra do jogo

Jogadores contundidos e expulsão fizeram o resultados, segundo explicaram os treinadores Marcelo Vilar e Chicão Bernardo.



Wênia Bandeira
Wênia Bandeira
Chicão Bernardo, técnico do Auto Esporte

Wênia Bandeira
Especial para o Paraíba1

Uma partida de poucas oportunidades, estas aproveitadas. Foi assim que o técnico do Treze, Marcelo Vilar, descreveu o jogo da tarde deste domingo (13) no qual seu time derrotou o Auto Esporte, pela estreia na Copa Paraíba.

Veja imagens do jogo do Treze e Auto Esporte.

De acordo com o treinador, para ser apenas o primeiro confronto a atuação do time foi satisfatória, no entanto nervosa por parte dos jogadores. Marcelo falou que no intervalo teve que pedir calma aos atletas e então eles voltaram a campo para vencer.

Já o comandante do Auto Esporte, Chicão Bernardo, deu os parabéns ao adversário que, segundo ele, soube aproveitar os problemas da equipe pessoense. O alvirrubro viu dois jogadores serem substituídos por contusão, Edinho e Maia, e no segundo tempo a expulsão de Nielson.

“Não dava para fazer mais do que fizemos. Tentamos segurar com a marcação, mas teve como por causa dos problemas durante o jogo. Então eles (o Treze) estão de parabéns pela atuação”, declarou.

Contudo, Vilar reconheceu a apresentação do Auto. “Não é fácil jogar contra um time que se defende muito bem, então acabamos nos beneficiando com a expulsão do jogador e soubemos como utilizar isso”, finalizou.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.