Esportes

Laudos técnicos do estádio Sílvio Porto não atendem exigências

Segundo promotor de Justiça, pela relação dos profissionais capacitados do Crea/PB, o engenheiro que assinou o laudo técnico sobre a situação do estádio não foi capacitado.




Da Ascom do MPPB

O estádio Sílvio Porto, localizado no município de Guarabira (a 98,4 km de João Pessoa), corre o risco de não sediar partidas de futebol. Isso porque os laudos técnicos de engenharia e segurança exigidos pelo Ministério dos Esportes para autorizar o funcionamento do estádio não foram feitos por engenheiros habilitados pelo Sistema Confea/Creas (Conselhos Nacional e Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia).

Segundo o promotor de Justiça que coordena a Equipe Especializada em Cidadania e Direitos Humanos, Valberto Lira, pela relação dos profissionais capacitados pelo Crea/PB, o engenheiro que assinou o laudo técnico sobre a situação do estádio não foi capacitado. “Por isso, o laudo não deverá sequer ser apreciado. Diante desse fato, as partidas não poderão ser realizadas no estádio, o que poderá prejudicar a equipe de Guarabira”, disse.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.