Esportes

Gil Baiano desiste de deixar o Treze

Gil Baiano, gerente de futebol, desiste de deixar o Treze após a boa vitória do clube contra o Salgueiro de Pernambuco




A boa vitória do Treze sobre o Salgueiro de Pernambuco, por 4 a 0, decididamente trouxe novos ares para dentro do Estádio Presidente Vargas. Depois do lateral-direito Wálber, que se reintegrou ao elenco no final de semana, agora foi a vez do gerente de futebol Gil Baiano desistir de deixar o clube.

Na semana passada, em que a agremiação viveu um clima conturbado, o dirigente havia demonstrado interesse em deixar o clube trezeano, após o jogo com o Salgueiro.

“Realmente aconteceram algumas coisas que me deixaram um pouco chateado. Mas depois com mais calma, repensei sobre minha decisão, depois de uma conversa que tive com a diretoria na segunda-feira. No mais, é tocar o barco pra frente e manter o foco na Série C, onde vamos lutar para nos distanciar dessa zona de rebaixamento”, disse Gil Baiano.

Em meio a um ambiente que de longe lembra o da semana passada, os jogadores do Treze retornaram aos treinos nesta terça-feira, mirando a partida contra o Icasa de Juazeiro do Norte-CE, domingo, às 16h, no Estádio Amigão, pela 11ª rodada da Série C.

Para este compromisso, o técnico Marcelo Vilar sabe que não poderá contar com o volante Júlio César e o meia Júlio Zabotto, autor de um dos gols da goleada diante do Salgueiro, domingo passado. Ambos vão cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Com as ausências dos titulares, Wagner Rosa e Rodrigo Pardal partem na frente como opções do treinador, visando o compromisso diante do Verdão do Cariri cearense. Hoje, Vilar comandará o primeiro coletivo da semana, quando começará a esboçar o time que porá em campo no domingo.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.