Esportes

Flagrado quase pelado, Puyol diz que tentou se esconder de rainha

Bem-humorado após gol histórico, zagueiro lembra momento constrangedor no vestiário após semifinal e também desafia Capdevila a cortar seus cabelos.




Do G1

Herói da classificação inédita da Espanha para a final da Copa do Mundo, o zagueiro Carles Puyol viveu um momento constrangedor no vestiário após a vitória por 1 a 0 sobre a Alemanha: quando a rainha Sofia, esposa do rei Juan Carlos I, desceu para cumprimentar os jogadores, o autor do gol estava apenas de toalha, quase pelado.

Nesta quinta-feira, durante entrevista coletiva, Puyol lembrou o episódio e revelou que tentou evitar o encontro, já que era o único jogador sem o uniforme no vestiário do estádio de Durban.

– Foi uma honra para todos receber a visita dela. Ela sempre demonstra apoio, nos momentos bons e ruins. Eu me escondi para que não me chamassem, mas… – disse, rindo, o zagueiro.

Bem-humorado após o gol histórico, Puyol chegou a ser aplaudido pela imprensa espanhola no fim da coletiva. Durante a entrevista, até fez graça com a ameaça de Capdevilla cortar seus cabelos em caso de título:

– Não acredito que ele se atreva…

Classificada pela primeira vez para uma final de Mundial, a Espanha enfrenta a Holanda no domingo, às 15h30m (de Brasília), no Soccer City.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.