Esportes

Covid-19: times da Paraíba voltam a treinar; na Capital, CSP não testou jogadores

Reinício do Campeonato Paraibano está previsto para o dia 18 de julho.




Técnico Moacir Júnior (dir.) durante a reapresentação do Treze, no estádio Presidente Vargas. Foto: Cassiano Cavalcanti/Treze FC

Com o reinício do Campeonato Paraibano previsto para 18 de julho, alguns times já voltaram às suas atividades em João Pessoa e Campina Grande, a exemplo do Botafogo-PB e Treze, respectivamente. No Sertão, o Atlético de Cajazeiras foi o primeiro, retornando desde a semana passada. Na Capital, o CSP também reiniciou suas atividades, mas sem realizar testes rápidos para identificação da Covid-19 em seus jogadores e membros da comissão técnica.

O último decreto editado pelo Governo da Paraíba liberou, a partir desta segunda-feira (29), a volta dos treinos para esportes profissionais. Porém, o mesmo documento manteve fechado os estádios Almeidão (João Pessoa), Amigão (Campina Grande) e Perpetão (Cajazeiras). Com isso, os times que dependem destas praças esportivas estão treinando em seus centros de treinamento ou estádios que são administrados pelas prefeituras locais.

No primeiro dia de trabalho em João Pessoa, o Botafogo-PB fez uma avaliação física dos jogadores no CT da Maravilha do Contorno. O Treze preferiu realizar uma movimentação com bola, dividindo os jogadores em grupos com 11 atletas, no máximo. O Atlético concentrou os jogadores em Cajazeiras, realizou testes e na semana passada começou os treinamentos no estádio Higino Pires.

O técnico do CSP, Josivaldo Alves, afirmou que o time se reapresentou sem realizar testes nos jogadores e na comissão técnica. Segundo ele, que também é dirigente do clube, os exames agora serão motivos de ‘curiosidade’ para saber quem provavelmente já teve ou está contaminado pelo novo coronavírus.

“A maioria [dos jogadores] se reapresentou e estamos vendo como vai ficar o reinício do Campeonato. Tem que fazer esses exames de Covid em todos os atletas. A Prefeitura [de João Pessoa] se comprometeu a nos ajudar e estamos aguardando onde vai ser e como vai ser [os exames], para que possamos, se não tiver nenhum impedimento, ver de que forma podemos iniciar o Campeonato. Não deixa de ser uma curiosidade, mas a gente deduz que alguns já tiveram a doença. Temos que testar todo mundo para saber as condições de cada atleta. Se depender da gente, podemos fazer até amanhã”, disse o dirigente, em entrevista ao PBEsportes.net.

Outro clube que voltou aos trabalhos foi a Desportiva Perilima. Nesta segunda-feira, durante todo o dia, uma série de atividades foi desenvolvida. A Águia de Campina já havia passado por um processo de higienização no CT Ninho da Águia, assim como testou 32 profissionais entre atletas, comissão e funcionários, com apenas um funcionário apresentando um resultado positivo. Durante este período, todos os atletas alojados na estrutura do próprio clube.

No Sertão, o Nacional de Patos e o Sousa ainda não voltaram aos trabalhos. Inclusive, nesta segunda-feira (29), a Prefeitura de Patos emitiu um novo decreto e no documento, o estádio José Cavalcanti estará liberado a partir da próxima quarta-feira (1º).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.