Esportes

Cobrança

Insatisfeitos com o empate contra o Petrolina, torcedores do Campinense comparecem ao Renatão para cobrar mais empenho da Raposa.




O empate dentro de casa contra o Ypiranga de Pernambuco, sábado, ainda não foi digerido pelos torcedores do Campinense.

Na reapresentação do elenco ontem à tarde, no Estádio Renatão, alguns deles cobraram do elenco rubro-negro mais empenho para a partida com o Petrolina, dia 26, que definirá a sorte do clube na Série D.

De acordo com os torcedores, alguns atletas não estão conseguindo reeditar as atuações da conquista do Campeonato Paraibano, o que teria provocado uma queda de rendimento do time nas últimas partidas. O presidente William Simões também foi cobrado, mas passou tranquilidade para o grupo.

“É natural a cobrança do torcedor. O time teve tudo para vencer o Ypiranga, tantas foram as chances de gols que criou durante a partida. Infelizmente nossos jogadores não estavam em uma tarde feliz. Agora não adianta desespero, pois temos certeza que vamos passar de fase e seguir na luta pelo acesso”, comentou Simões.

O atacante Warley, que conseguiu marcar apenas um gol pela equipe nesta Série D, também fez questão de tranquilizar a torcida.

“Eles têm toda razão pelas cobranças. Mas posso afirmar que da parte do nosso grupo não tem faltado empenho. Veja que tivemos inúmeras chances de marcar contra o Ypiranga, mas falhamos nas finalizações. Tem dia que tudo dá errado. No mais, é continuar nosso trabalho porque acreditamos muito na classificação”, enfatizou o W9, que foi o principal artilheiro do time e do Campeonato Paraibano deste ano, com 23 gols.

Na volta ao trabalho, os jogadores participaram de treino regenerativo sob o comando do professor Hélio Cabral. A partir desta quarta-feira, o técnico Freitas Nascimento comanda treino com bola, quando começará a corrigir erros que foram apresentados pela equipe no jogo anterior.

O Grupo A3 da Série D tem o Baraúnas na liderança com 14 pontos ganhos e um jogo a cumprir, contra o Horizonte. Na segunda colocação aparece o Campinense, com 11, e apenas um jogo pela frente diante do Petrolina. Em terceiro vem o Horizonte, com 9, e com dois a cumprir diante do Baraúnas, fora de casa, e Ypiranga, em Horizonte. Correndo por fora está o Ypiranga, com cinco, e em último o Petrolina, com apenas três.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.