Esportes

Clássico ibérico define finalista

Portugal e Espanha colocam a prova rivalidade na semifinal de hoje, em Donetsk. Cristiano Ronaldo é maior atração.



Divulgação Uefa
Divulgação Uefa
Considerado o craque da Euro, até aqui, Cristiano Ronaldo tenta levar Portugal para mais uma decisão

Portugal e Espanha se enfrentam às 15h45, no Donbass Arena, em Donetsk, na Ucrânia, na abertura das semifinais da Eurocopa.

O ganhador vai decidir a taça com quem se sair melhor no encontro entre Alemanha e Itália, que jogam amanhã.

Os portugueses, depois de se classificarem de maneira surpreendente na primeira fase, despachando a Holanda e a Dinamarca e ficando apenas atrás dos alemães no Grupo B, eliminaram a República Tcheca com um triunfo por 1 a 0 nas quartas de final. Já a Fúria, que acabou o Grupo D na liderança, passou pela França na etapa anterior com um tranquilo 2 a 0.

Antes desta semifinal o clima entre as duas equipes é de enorme respeito. Os portugueses compreendem que terão pela frente “apenas” as campeão mundial e européia, mas procuram manter a confiança.

“Nós sabemos que a Espanha entrou nesta Eurocopa como grande favorita e Portugal tem consciência de suas próprias limitações. Mas vejo isso como algo positivo”, disse o goleiro português Rui Patrício.

Pelo lado da Espanha, a principal preocupação atende pelo nome de Cristiano Ronaldo. O atacante português, astro do Real Madrid, vem sendo apontado como o craque da Eurocopa.

“Nós sabemos que Cristiano Ronaldo é único, singular e que atravessa um grande momento. Portanto, não podemos acreditar que teremos facilidades”, disse o técnico Vicente del Bosque.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.