Esportes

CBF libera Oscar para defender o Inter na decisão

Sem poder atuar desde o dia 17 de março em função de um imbróglio judicial, Oscar teve um habeas corpus concedido pelo TST em seu favor.



Lucas Uebel/Vipcomm
Lucas Uebel/Vipcomm
Meio-campista poderá defender o Inter já no primeiro jogo contra o Caxias

Após um mês e meio parado, o meia Oscar está liberado para atuar em partidas oficiais pelo Internacional. O nome do jogador foi publicado na tarde de ontem no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o que o caracteriza como atleta colorado.

Sem poder atuar desde o dia 17 de março em função de um imbróglio judicial envolvendo o São Paulo, seu clube anterior, Oscar teve um habeas corpus concedido em seu favor na quinta-feira da semana passada pelo ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Guilherme Caputo Bastos.

A liminar liberava o jogador para atuar onde quisesse, porém restava que a entidade reguladora do futebol restabelecesse o seu contrato com o Inter, o que foi feito somente nesta sexta-feira.

Dessa forma, o meio-campista poderá defender o Inter já no primeiro jogo contra o Caxias, neste domingo, no Centenário, pela final do Gauchão.

“Não cheguei a temer ficar fora da temporada, mas não esperava ficar um mês e meio parado. Gostaria de estar ajudando. Eu estava triste também pela Seleção, não queria ficar mais esse tempo parado. Quero ir para as Olimpíadas. Voltando a jogar, tenho grandes chances de ir”, declarou o jogador antes do treino desta sexta-feira.

Além da decisão do Estadual, o jovem se torna grande reforço para a partida de volta das oitavas de final da Libertadores, contra o Fluminense, quarta-feira, no Engenhão.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.