Esportes

Beneficiários denunciam atraso no pagamento do bolsa-atleta

Atraso teria sido motivado por investigação de denúncia. Atletas estariam irregularmente inscritos no projeto e estariam recebendo a bolsa de forma indevida.




Da Redação

O pai de um atleta paraibano entrou em contato com a equipe de reportagem do Paraíba1 e denunciou que seu filho está há dois meses sem receber o pagamento do programa Bolsa-Atleta. A Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) confirmou a informação sobre o atraso, mas disse que o tempo é de apenas um mês. O motivo seria a investigação de uma denúncia de irregularidade no pagamento e no repasse das bolsas.

Segundo o internauta do Paraíba1, seu filho, que é beneficiado pelo projeto, não recebe o benefício há dois meses. E, em decorrência deste atraso, ele terá que arcar com os custos da viagem para a próxima competição de que participará, já neste mês de dezembro. Ainda de acordo com o pai do atleta, outros beneficiários estariam na mesma situação.

A reportagem do Paraíba1 entrou em contato com a Sejel, que confirmou o atraso, mas declarou que os pagamentos deixaram de ser feitos há apenas um mês. Em contato com uma primeira funcionária da Secretaria, a informação foi de que o atraso teria sido motivado pela investigação de uma denúncia de que um presidente de federação estaria cobrando indevidamente metade da bolsa dos atletas. Segundo esta funcionária, uma denúncia foi formalmente apresentada à Secretaria, que está apurando o fato. E, enquanto o processo é analisado, o pagamento das bolsas fica suspenso.

Mas, uma outra funcionária da Sejel, Silvana, com quem a reportagem do Paraíba1 também conversou, não confirmou esta informação sobre a motivação do atraso. Segundo ela, as bolsas não estão sendo pagas apenas porque a Secretaria de Finanças do Estado não fez, ainda, o repasse dos recursos a serem usados no pagamento do benefício aos atletas. A reportagem ainda tentou entrar em contato com o gerente financeiro da Sejel, Fábio Dias, para tentar confirmar o porquê de o repasse dos recursos não ter sido efetuado pela Secreatria de Finanças do Estado, mas não obteve sucesso.

Por fim, a reportagem conseguiu conversar diretamente com o secretário de Esportes, Cristiano Zenaide. Segundo ele, há, realmente, o atraso de um mês no pagamento das bolsas. Cristiano explicou que a Sejel recebeu uma denúncia de que havia atletas irregularmente inscritos no projeto e, portanto, recebendo indevidamente a bolsa. Por isso, foi designada uma comissão para investigar a procedência da denúncia e apurar os fatos. “A intenção é apurar a suspeita, para que, em se confirmando a denúncia, não continuemos pagando a bolsa a atletas irregulares”, explicou.

Ainda segundo o secretário Cristiano Zenaide, a previsão é de que nos próximos 15 dias, a análise desta denúncia tenha uma conclusão e os pagamentos do bolsa-atleta voltem à sua normalidade.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.