Esportes

Audiência entre promotores de justiça, FPF e clubes de João Pessoa discute jogos na capital

Na oportunidade ainda será tratado sobre o Termo de Ajustamento de Conduta da CBF em que proibe a venda de bebidas alcóolicas nos estádios de futebol.





Da Redação
Com Ascom do Ministério Público

Os promotores de justiça do consumidor, Demétrius Castor, e do Cidadão, Valberto Lira, vão realizar audiência com a Federação Paraibana de Futebol (FPF) e Clubes de João Pessoa (Botafogo e Internacional), para tratar sobre os jogos que serão realizados na Capital.

A audiência ocorrerá às 16h, na sede do Centro de Apoio às Promotorias (1º CAOP), na rua Rodrigues Chaves, ao lado do Hotel JR, próximo ao Pavilhão do Chá.

Segundo Valberto Lira, o Ministério Público da Paraíba vai exigir o cumprimento de questões referentes ao estádio. “Existe um caderno da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a ser preenchido com relação ao estádio, devendo obedecer a todos os requisitos, sob pena de não ser permitida a realização de jogos, conforme determina o Estatuto do Idoso”, disse.

Outro ponto a ser tratado, segundo Valberto Lira, é com relação à proibição de venda de bebidas no estádio. “Já existe um termo de ajustamento de conduta da CBF com o Conselho Nacional dos Procuradores Gerais de Justiça, no qual se faz referência à assinatura das entidades e clubes em cada Estado. Hoje já existem, inclusive estados que possuem lei proibindo tal venda”, afirmou o Promotor Valberto Lira.



Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.