Esportes

Após susto, Botafogo-PB vira em cima do Serrano na estreia do Paraibano

Serrano saiu na frente, mas não conseguiu segurar o placar.




Foi sofrido, com dificuldade e de virada. Ingredientes que fizeram parte da primeira vitória do Botafogo no Campeonato Paraibano de 2018. O Belo saiu na atrás do placar e contou com o oportunismo do atacante Nando e de seu banco de reservas para vencer o Serrano por 2 a 1 na tarde deste domingo (7) no Almeidão, em João Pessoa. O Lobo abriu o placar no primeiro tempo, em cobrança de pênalti de Araújo. Na segunda etapa, Nando marcou duas vezes e comandou a vitória, que teve ainda o toque de Marlon e Carlos Renato, que entraram no decorrer da partida e mudaram a produção ofensiva do Belo

Jogando em casa, o Botafogo começou a partida tentando pressionar o adversário. Mas sentiu claramente o desentrosamento de um time novo. O Serrano, ao contrário, parecia mais à vontade. Tanto que, aos 13 minutos, acabou premiado por um pênalti cometido pelo goleiro Édson em cima de Erivan. Dois minutos depois, Araújo foi para a cobrança e abriu o placar para o time de Campina Grande. Em desvantagem, o Botafogo passou a errar muitos passes, irritando a torcida. Ainda assim, teve algumas chances de empatar, que acabaram desperdiçadas – a mais clara, com Dico, aos 34 minutos, que não aproveitou rebote do goleiro Juci.

A virada do Botafogo começou no intervalo. O técnico Leston Júnior tirou o volante Rafael Jataí e colocou o meia Marlon. Logo em seu primeiro lance, ganhou um escanteio e levantou a torcida. E assim foi mudando a história do jogo, que poderia ter sido outra se a trave não salvasse o Belo num chute de Erivan aos 4 minutos. Como a bola não entrou, o Botafogo seguiu em sua missão de virar a partida. Aos 11, após cobrança de escanteio, Gladstone desviou e Nando aproveitou para empatar. Na sequência, o próprio Nando desperdiçou uma grande chance, após rebote de Juci. Com o campo aberto, Leston Júnior colocou Carlos Renato em campo, explorando ainda mais a velocidade. E deu certo. Aos 36 minutos, o meia cruzou, o goleiro Juci falhou e Nando aproveitou para desempatar o jogo.

Leia mais no Globoesporte.com/pb


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.