Eleições 2020

Ricardo quer criar cartão alimentação para fortalecer economia de João Pessoa no ‘pós-pandemia’

Candidato do PSB afirmou que a ideia do programa será praticamente a mesma implantada durante a sua gestão no Governo da Paraíba.




Ricardo quer criar cartão alimentação para fortalecer economia de João Pessoa no ‘pós-pandemia’. Foto: Divulgação

O candidato à prefeitura de João Pessoa pelo PSB, Ricardo Coutinho, afirmou que quer criar um cartão alimentação, com o intuito de fortalecer a economia da população de João Pessoa, durante o período de pós-pandemia. Nesta terça-feira (20), ele concedeu entrevista à uma emissora de TV ,além de ter realizado visitas em bairros e na Comunidade do S, no bairro do Roger.

Segundo Ricardo, a ideia do programa será praticamente a mesma implantada durante a sua gestão como governador da Paraíba. A proposta é cadastrar a população em situação de vulnerabilidade social e estabelecimentos comerciais de pequeno e médio porte, para que uma quantia mensal possa ‘sair da mão’ dos beneficiários e movimente a economia local.

Ele pontuou que este cenário de vulnerabilidade tem sido ampliado nos últimos meses, por causa da pandemia provocada pelo novo coronavírus, que acabou resultando no fechamento de postos de trabalho e, com isso, muitas pessoas acabaram perdendo suas fontes de renda.

“João Pessoa passa por um processo de retorno da fome. Você percebe isso em muitos recantos, pois é só sair na rua. Eu nunca vi a cidade desse jeito. O Poder Executivo Municipal tem que participar disso. Claro, ele não tem capacidade de garantir segurança alimentar de forma plena, mas ele tem obrigação de participar desse esforço, para tirar João Pessoa desse mapa da fome. Eu fiz isso no Estado, criando o cartão alimentação, disponibilizando crédito e, ao mesmo tempo, você cadastra estabelecimentos que precisam ser da economia local. Esse dinheiro circula na feira, na loja de calçados e ao mesmo tempo, potencializando esse mercado local, você propõe uma ampliação no número de empregos. Eu não vou cadastrar grandes supermercados. Não fiz isso no Estado e não tenho porque fazer isso na Prefeitura”, disse.

Ricardo afirmou que, caso seja eleito, por não saber como encontrará as finanças da prefeitura, não tem como garantir neste período de campanha quanto será investido no cartão alimentação. “Eu penso que se tivermos um milhão e meio ou dois milhões por mês, para potencializar, você vai ter uma condição de reerguer uma cidade como João Pessoa”, comentou.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.