Eleições 2020

PCO defende voto nulo na disputa do 2º turno em João Pessoa

Partido disputou o primeiro turno com Camilo Duarte, que teve apenas 82 votos.




Foto: Angélica Nunes

Faltando menos de uma semana para o segundo turno, o PCO anunciou, nesta terça-feira (24), que não vai apoiar nem Cícero Lucena (Progressistas), nem Nilvan Ferreira (MDB), candidatos que permanecem na disputa em João Pessoa. A sigla está pregando o voto nulo. No primeiro turno, o partido disputou com Camilo Duarte, que obteve 82 votos e ficou na última posição.

Na nota, o PCO diz que tem como princípio não apoiar candidaturas estranhas à classe operária, e que o partido “não apoia candidatos burgueses e nem pequenos burgueses porque o que interessa neste caso não é a ideologia, mas sim se a candidatura serve para impulsionar e desenvolver a consciência de classe e a luta dos trabalhadores ou não.”

“Por todo o apresentado, o Partido da Causa Operária irá desenvolver uma campanha em torno do voto nulo como forma de esclarecer a classe operária que as urnas não irão resolver os problemas”, diz o texto da nota.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.