Eleições 2020

Olímpio indaga Bruno sobre titulação como advogado e aponta registro de 'estagiário'

Equipe de Bruno informou que cadastro está desatualizado e que o candidato é aprovado na Ordem desde 2014.




Fotos: Divulgação

O candidato à prefeitura de Campina Grande pelo PSOL, Olímpio Rocha, questionou publicamente, nesta quarta-feira, a posição profissional do candidato Bruno Cunha Lima (PSD). Em publicação nas redes sociais, Rocha ataca uma fala de Bruno, na qual ele se intitula advogado, apontando a ausência do registro devido.

“Gostaria de perguntar ao candidato Bruno Cunha Lima qual é o número da OAB dele. Mas tem que ser a OAB de advogado, não de estagiário!”, disse Olímpio. Na postagem, o candidato do PSOL anexou uma imagem retirada do Cadastro Nacional de Advogados (CNA), onde Bruno aparece com o registro de estagiário.

A crítica de Rocha veio após Bruno manifestar repúdio contra o caso Mariana Ferrer, lamentando a postura do advogado envolvido. Na ocasião, ele também se auto referencia como advogado.

“Como advogado, repudio a forma humilhante como Mariana foi tratada pelo “advogado” durante as audiências. Foi um segundo “estupro” que ela sofreu, dessa vez na imagem e na alma.”, salientou.

“Cuidado, Bruno! Isso pode configurar falsidade ideológica e violação ao Estatuto da OAB.”, disse Olímpio sobre o texto de Bruno.

Ao JORNAL DA PARAÍBA, a assessoria de imprensa de Bruno Cunha Lima informou que o candidato é advogado aprovado na Ordem de Advogados do Brasil (OAB) desde o ano de 2014, mas como estava em exercício de mandato, a atividade era considerada conflitante.

Dessa forma, ainda segundo a assessoria, Bruno só requereu o registro recentemente, quando já não ocupava cargo público. A equipe acredita que o Cadastro Nacional de Advogados (CNA), no qual Olímpio se baseou em sua acusação, esteja desatualizado por conta da pandemia da Covid-19. A assessoria do candidato do PSD, inclusive, encaminhou o certificado de aprovação dele no Exame da Ordem.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.