Eleições 2020

Inácio Falcão diz que nepotismo custa R$ 15 mi por ano ao município de CG

O candidato ressaltou que deve preservar os prestadores de serviço que realmente trabalham




O candidato à prefeitura de Campina Grande pelo PCdoB, Inácio Falcão, afirmou em entrevista que, se for eleito, não vai compactuar com o nepotismo na gestão municipal.  Segundo ele, nos últimos anos, essa prática gerou um custo de R$ 15 milhões anuais aos cofres públicos.

“Nós fizemos um levantamento de custo do nepotismo durante oito anos dessa gestão. Isso tem um gasto de R$ 15 milhões durante o ano. É muito dinheiro com nepotismo. Eu acredito que qualquer gestor que se preza não pode cometer esse crime. Meu nome é ficha limpa, nunca fui envolvido em escândalo nenhum, nunca fui citado em operação alguma. Não serei eu como gestor a praticar um crime dessa natureza”, ressaltou Inácio.

O representante da coligação ‘Campina tem jeito’ afirmou que pretende preservar e dar qualidade de vida aos prestadores de serviço que realmente trabalham.

“Campina Grande hoje tem mais de 8 mil prestadores de serviço,. O prestador de serviço vai ser preservado, aqueles que trabalham, que presta serviço. Acima de tudo vamos dar qualidade de vida a eles. Vão ter direito a 13º, a férias. Quem não trabalha, quem não presta o serviço, infelizmente não vou comungar com essa prática de crime”, pontuou.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.