Eleições 2020

Eleições 2020: PF cumpre mandado de busca e apreensão em rádio clandestina

Segundo a investigação, responsável pela rádio teria falsificado um documento para transmissão de um debate local.




Foto: Divulgação / PF

A Polícia Federal cumpriu nesta terça-feira (10) um mandado de busca e apreensão em uma residência localizada no município de Areial, no Agreste paraibano, onde funciona uma emissora de rádio irregular. Segundo a investigação, o dono da residência, que é responsável pela rádio, apresentou um documento falsificado para transmitir um debate político legal.

A ordem judicial cumprida pela PF foi expedida pelo Juízo Eleitoral da 19ª Zona Eleitoral em Esperança. Conforme a polícia, o homem produziu um documento falso e o atribuiu à Juíza Eleitoral para autorizar a transmissão do debate eleitoral do município. O documento foi apresentado à Prefeitura de Areial e chegou ao conhecimento das autoridades, motivando a abertura da investigação criminal.

No local, foram apreendidos equipamentos eletrônicos que davam suporte ao funcionamento da rádio, como ferramentas de armazenamento computacional, telefones celulares e vias dos documentos falsificados. Todo o material apreendido será submetidos a exame pericial.

Ainda de acordo com a PF, o documento de Licença para Funcionamento da rádio também apresenta fortes indícios de falsidade, o que pôde ser comprovado em consulta à Anatel. Os supostos delitos praticados estão sendo investigados como sendo falsificação de documentos para fins eleitorais e desenvolvimento clandestino de atividade de radiodifusão.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.