Eleições 2020

Candidato da Rede, Carlos Monteiro diz que vai renunciar a salário de prefeito se for eleito em JP

Candidato também quer reduzir número de comissionados por meio da realização de concursos públicos.




O candidato à prefeitura de João Pessoa pela Rede, Carlos Monteiro, declarou que, caso seja eleito, irá renunciar ao seu salário no cargo, já que seu subsídio como procurador do Estado é superior. Segundo ele, o seu vice, Filipe Leite, que também é servidor público, sendo professor do IFPB, também fará a opção pela renúncia ao salário do cargo, caso eleito. O candidato também declarou a intenção de reduzir o número de secretarias e de cargos comissionados em sua gestão, por meio da realização de concurso público.

“A Constituição da República afirma que o servidor, uma vez eleito, faz a opção pelo provimento que lhe convir. Dessa forma, vou renunciar ao salário de prefeito, destinando-o a um fundo de erradicação da pobreza municipal”, declarou.

Já em relação à diminuição no número de secretarias e de cargos comissionados, Carlos Monteiro disse que, atualmente, muitas das secretarias existentes são repetitivas, o que acaba gerando retrabalho e duplicidade de funções. “Um exemplo é a secretaria de trabalho, produção e renda e a  secretaria de desenvolvimento social. Na nossa concepção, você não faz desenvolvimento sem ele ser sustentável. Tem que ser um desenvolvimento integrado à assistência social e à erradicação da pobreza”, explicou.

Segundo ele, com a diminuição no número de secretarias já haveria uma redução natural no número de cargos comissionados e, além disso, ele pretende também aumentar o número de efetivos, por meio de concursos públicos para áreas fins, fazendo com que, assim, o número de cargos efetivos passe a ser maior que o de comissionados. “Atualmente, a prefeitura possui cerca de 1270 cargos em comissão. Desses 1270, podemos reduzir para 300 tranquilamente, tendo em vista que os cargos de comissão devem ser apenas aqueles de confiança, como assessores, chefes e diretores”, detalhou.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.