Eleições 2020

Camilo Duarte propõe calote da dívida pública para remodelar administração de João Pessoa

O candidato do PCO a prefeito de João Pessoa, foi entrevistado pela CBN nesta quarta (28).




Camilo Duarte, candidato do PCO a prefeito de João Pessoa, foi entrevistado nesta quarta-feira (28). Foto: Angélica Nunes

O administrador Camilo Duarte, candidato do PCO a prefeito de João Pessoa, foi entrevistado pela CBN nesta quarta-feira (28). Sabatinado pelos jornalistas Carla Visani (âncora do programa), Suetoni Souto Maior, da CBN, e Laerte Cerqueira, da TV Cabo Branco, ele foi perguntado sobre programa de governo para a capital, propostas para saúde, mobilidade urbana e dívida pública.

Camilo Duarte propôs o calote das dívidas interna e externa como forma de gerar recursos para atender às necessidades da população. Segundo ele, só com este movimento, o município teria o retorno de 40% do PIB. “Isso é uma diferença do PCO para outros partidos porque se a gente acha que é dever do estado ele tem que atender. A política de limite fiscal é a grande questão, se a população necessita o estado tem que atender”, explicou.

A tese foi levantada quando ele foi questionado sobre como conseguiria verbas para ações efetivas na área de mobilidade urbana, um dos principais problemas atuais da capital, que cresce vertiginosamente. “Desde 2002 os problemas são os mesmos, os ônibus são muitos ruins, superlotados poucas linhas e o básico que teria que ter era uma mudança da estrutura que tem. João Pessoa era pra ter algo parecido com um metro, era pra ter uma quantidade maior de transporte coletivo”, questionou.

 

Programa

 

Camilo Duarte foi inicialmente cobrado sobre propostas efetivas para João Pessoa. O programa de governo enviado pelo candidato do PCO à Justiça Eleitoral não tem ações objetivas para a administração pública da capital, que no próximo ano terá um orçamento de R$ 2,76 bilhões.

O candidato disse que o programa foi aprovado em Conferência Nacional do PCO e que traz um ponto importante que é o combate à demagogia. “Se fala em resolver um problema pontual da saúde, mas nós enfrentamos uma reforma administrativa, mas não sabemos o que teremos de serviço público daqui a dois anos. O candidato dizer que vai resolver um problema pontual é pura demagogia”, comentar.

Desinteressado da disputa, Camilo Duarte disse que foi escolhido pelo partido para divulgar o manifesto e questionou o processo eleitoral. “As eleições são desiguais e antidemocrática. Nossa candidatura não tem chance de ser eleita. Se eu chegar aqui e disser que quando eu foi eleito faço isso, vou contribuir com uma política que deseduca a população”, pontuou. “Quais são as soluções reais? tudo o que a população tem foi através da mobilização”, completou.

 

Saúde

 

Apesar de não definir propostas, o candidato foi cobrado sobre a pauta da Saúde, uma das maiores preocupações da população segundo a última pesquisa Ibope. Camilo Duarte que as diretrizes do PCO defendem a estatização de todo o sistema de saúde, inclusive do sistema privado.

“Investimento é uma coisa básica. Teríamos que desenvolver uma rede, parecida com a saúde familiar, mas com um contato maior com as comunidades para que a população estivesse uma contribuição direta na gestão. Quando os cubanos estavam aqui e tínhamos a saúde familiar atendíamos e muito a saúde da população”, explicou o candidato.

 

Entrevista

 

A rodada de entrevistas com os candidatos segue nesta quinta-feira (28), com Ricardo Coutinho (PSB). A ordem dos postulantes na sabatina foi definida por sorteio, com as equipes de campanha. Ao todo, o candidato tem 30 minutos para falar de projetos, experiência política e planos que pretende colocar em prática, caso seja eleito.

 

Veja a ordem dos candidatos:

 

Dia 13/10/20 – Edilma Freire (PV)
Dia 14/10/20 – Nilvan Ferreira (MDB)
Dia 15/10/20 – Anísio Maia (PT)
Dia 16/10/20 – Ítalo Guedes (Psol)

Dia 17/10/20 – Sábado
Dia 18/10/20 – Domingo

Dia 19/10/20 – João Almeida (SD)
Dia 20/10/20 – Carlos Monteiro (Rede)
Dia 21/10/20 – Cícero Lucena (Progressistas)
Dia 22/10/20 – Raoni Mendes (DEM)
Dia 23/10/20 – Wallber Virgolino (Patriota)

Dia 24/10/20 – Sábado
Dia 25/10/20 – Domingo

Dia 26/10/20 – Rama Dantas (PSTU)
Dia 27/10/20 – Rafael Freire (UP)
Dia 28/10/20 – Camilo Duarte (PCO)
Dia 29/10/20 – Ricardo Coutinho (PSB)
Dia 30/10/20 – Ruy Carneiro (PSDB)


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.