Eleições 2020

Apesar de representarem 52% do eleitorado paraibano, mulheres são apenas 33% das candidaturas em 2020

Números praticamente repetem o que foi visto nas eleições de 2016.




Apesar de as mulheres representarem 52,8% do eleitorado paraibano, com 1.567.772 eleitoras, candidaturas femininas são ainda 33% do total no estado, sendo que, quando considerados os candidatos a prefeitos, esse número é ainda menor: apenas 15,8% do total são do sexo feminino, enquanto 84,1% são do sexo masculino.

Nas duas maiores cidades do estado, por exemplo, em João Pessoa e Campina Grande, verifica-se que as mulheres são apenas 14% e 16% do total de candidaturas a chefe do executivo municipal. Em João Pessoa, são duas candidatas à prefeita da cidade: Edilma Freire (PV) e Rama Dantas (PSTU). Já Campina Grande conta com apenas uma mulher candidata: Ana Cláudia (Podemos).

Quando contabilizados os candidatos a vereador, a diferença é menor: as mulheres representam 34,1% das candidaturas, com 3.815 postulantes à câmaras municipais, enquanto os homens são 65,8% dos candidatos, com 7.356 elegíveis.

Os números praticamente repetem o que foi visto em 2016, quando as mulheres representaram apenas 16,9% das candidaturas a prefeito no estado e 34,39% das candidaturas a vereador, enquanto os homens representaram, respectivamente, 83% e 65%.

Embora preencha a condição estabelecida pela lei 9.504/1997, alterada em 2009, que determina que “cada partido ou coligação preencherá o mínimo de 30% e o máximo de 70% para cada sexo”, os números ainda apontam uma desproporção quando considerados o eleitorado e as candidaturas.

No Brasil

Em nível nacional, as mulheres são 52,5% do eleitorado, mas representam apenas 33,3% do total de candidaturas neste ano, para prefeita, vice-prefeita ou vereadora. Em 2016, as candidaturas femininas foram 31,9% do total e, em 2012, 31,5%.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.