Eleições 2020

Abstenção nas Eleições 2020 em João Pessoa quase dobra em relação a 2016

Ausentes foram mais de 111 mil e número ‘empurrou’ redução de brancos e nulos.




O número de eleitores de João Pessoa que não compareceram às urnas no último domingo (15) aumentou 99.78% em comparação às eleições municipais de 2016. A abstenção no primeiro turno do pleito deste ano na capital chegou a 111.120, enquanto na eleição municipal passada foi de 55.620 ausentes na votação. Os dados são dos resultados das eleições, divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O total dos faltantes representa quase a quantidade de votos obtidos pelos candidatos Cícero Lucena (Progressistas) e Nilvan Ferreira (MDB), que foram para o segundo turno com, respectivamente, 75.610 e 60.615 votos do eleitorado. Juntos eles somam 136.225, ou seja, uma diferença de apenas 25.105 votos do universo dos eleitores que não foram às urnas no domingo.

Cícero Lucena (Progressistas) venceu o primeiro turno em três das cinco zonas eleitorais do município (1ª, a 64ª e a 70ª). Já Nilvan Ferreira venceu em uma das zonas, a 77ª. Na outra área, a 76ª zona, a maioria dos votos foi do candidato Wallber Virgolino (Patriota).

 

Reduções

 

Em caminho oposto, impulsionado pelo aumento das abstenções, as eleições deste ano registraram redução do número votantes nominais, aqueles em que o voto foi para um dos candidatos. Em 2016, um total de 373.177 eleitores da capital foram às urnas. Nas eleições deste ano, o número caiu para 364.851, representando uma queda de 2.23%.

A Justiça Eleitoral também registrou a diminuição de votos brancos e nulos na capital. Em relação aos votos brancos, a diminuição foi de 16.661 para 16.109, ou seja, 552 votos a menos. Dentre os que anularam o voto, a redução foi ainda mais acentuada, de 43.609 para 30189, uma diferença de 22.298 votos.

Foto: reprodução/TSE


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.