Educação

Professores da UFPB se reúnem mas não aderem à paralisação dos servidores

Reunião dos docentes será na terça-feira, nos campi de Bananeiras e Areia, e na quarta-feira, em João Pessoa.




Os professores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) se reúnem em assembleia geral na terça (7) e quarta-feira (8) para discutir temas relacionados com a crise nas universidades públicas do país e para tratar da campanha salarial dos servidores federais neste ano de 2015. Diferente do que acontecerá com a classe dos servidores públicos federais, incluindo os servidores técnico-administrativos da UFPB, o corpo docente da instituição se reunirá sem paralisar as suas atividades.

Na terça-feira, a assembleia ocorrerá nos campi de Bananeiras e Areia, nos turnos da manhã e tarde, respectivamente. Já na quarta-feira, a reunião será em João Pessoa, e contará com a presença de professores dos campi I (Cidade Universitária e Santa Rita), IV (Litoral Norte) e V (Mangabeira). A assembleia está marcada para às 9h, no auditório da reitoria.

As entidades que representam os servidores públicos estão acompanhando as decisões do governo federal que incidem na sociedade e nos direitos dos trabalhadores, como por exemplo o corte de R$ 7 bilhões na educação pública e a publicação das medidas provisórias 664 e 665, que modificaram a forma como eram concedidos benefícios a trabalhadores.

No dia 25 de fevereiro, o Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais lançou a Campanha Unificada 2015 com ato em frente ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (Mpog) e diversas atividades nos demais estados brasileiros. Na ocasião, foi protocolada no ministério a pauta de reivindicações conjuntas dos servidores.

O Fórum definiu, como os eixos da luta da categoria para 2015, o reajuste linear de 27,3%, política salarial permanente, com correção das distorções e reposição das perdas inflacionárias, data-base em 1º de maio, direito de negociação coletiva, conforme previsto na Convenção 151 (da Organização Internacional do Trabalho) e paridade salarial entre ativos e aposentados.

Lançamento da campanha salarial

Os servidores públicos federais da Paraíba lançarão a campanha salarial de 2015 da categoria nesta terça-feira (7), a partir das 8h, durante um café da manhã, que será realizado na sede do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), em Campina Grande. Na ocasião, os trabalhadores da instituição de ensino estarão paralisados, como uma atividade da Jornada Nacional de Lutas, que ocorrerão até a quinta-feira (9).

Também no período de terça a quinta-feira, servidores técnico-administrativos da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e da UFPB, além dos demais campi do IFPB, também estarão paralisados.

O lançamento da campanha salarial segue uma orientação do Fórum das Entidades Nacionais de Servidores Públicos Federais, que realizará uma jornada de lutas em Brasília, no período de 7 a 9, e nos estados prevê paralisações unificadas e atos públicos.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.