Educação

Alunos da UFPB retomam rotina acadêmica

Ano letivo recomeça nesta segunda-feira (5) em vários campi da instituição.



Felipe Gesteira
Felipe Gesteira

Após um processo competitivo de ingresso à universidade, enfim chega para milhares de ‘feras’ o momento de iniciar a vida acadêmica. Entre livros, avaliações periódicas e uma puxada rotina de estudos, muitos têm à sua disposição uma série de serviços, como bibliotecas, restaurantes, residência universitária, tratamento médico-hospitalar. Entretanto, grande parte deles não sabem disso.

A partir de amanhã, novos e velhos alunos se misturarão nos corredores e espaços comuns da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), instalados em diversos campus do Estado. Para facilitar a vida desses estudantes, as universidades públicas mantêm programas e serviços de atenção ao aluno, auxílio alimentação, moradia, saúde ou ainda uma bolsa de estudos para alunos carentes.

É o caso do estudante do 4º período do curso de Contabilidade da UFPB, Jefferson Fúlvio, 26 anos, natural de Itabaiana. Como não tem condições financeiras de arcar com as despesas de morar em João Pessoa no período acadêmico, o aluno se inscreveu e foi selecionado para morar na Residência Universitária de João Pessoa.

Além disso, Jefferson Fúlvio conta que faz as três refeições na Restaurante Universitário, aulas de aeróbica e musculação com professores do Departamento de Educação Física, utiliza diariamente a Biblioteca Central, além de usufruir dos serviços médicos, hospitalares e odontológicos fornecidos pelas equipes do departamento de saúde da universidade.

“O café é servido dentro da Residência Universitária, que é muito boa e deve melhorar ainda mais após a reforma. Aproveito tudo o que está à minha disposição. Dificilmente poderia contar com tantos serviços gratuitos”, disse.

Apesar de usufruir de tudo o que é oferecido pela universidade, Jefferson Fúlvio confessa que é uma exceção dentro do universo de estudantes que frequentam o local. “Muitos não procuram os serviços simplesmente porque desconhecem que ele existe. Para mim é mais fácil porque moro aqui”, afirma.

É o caso do ‘fera’ do curso de Contabilidade da UFPB Yuri Ataíde, 21 anos. Ele conta que não faz ideia do que a universidade tem a oferecer, além das aulas e do diploma ao final do curso. “Esperava que ao fazer a matrícula eu ia receber algum material informativo explicando sobre como funciona a universidade, que serviços são oferecidos aos estudantes, mas só recebi um papel com as grade de estudos para o semestre”, afirma.

SERVIÇOS
No site oficial da UFPB (www.ufpb.br), o estudante tem acesso a informações básicas a respeito do funcionamento de alguns serviços. A Coordenação de Assistência e Promoção Estudantil (Coape), órgão ligado à Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Prac), é responsável por estabelecer e gerenciar a política da UFPB na área de promoção e assistência ao discente.
A coordenadora do Coape, Ilka Maria Lima de Araújo, disse que o objetivo é assegurar aos estudantes os meios necessários ao pleno desempenho acadêmico.

A Residência Universitária é destinada, exclusivamente, a estudantes de curso de graduação carentes, visando o apoio às suas atividades acadêmicas. Segundo a assessoria da UFPB, até o dia 14 de março, será realizado o processo de seleção para o preenchimento de vagas na ‘Residência Universitária Mista – Casa Campus’, ‘Residência Universitária Feminina Elizabeth Teixeira de Melo’ e para ‘Auxílio Moradia’, para o período letivo 2012.1 para alunos de cursos presenciais da graduação da UFPB, que não conseguirem vagas nas residências universitárias.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.