Economia e Negócios

Volume de vendas na Paraíba apresenta queda de 3,8% em março, aponta IBGE

No mês anterior o estado havia registrado uma leve alta em relação aos três últimos resultados.




O volume de vendas do comércio varejista na Paraíba caiu 3,8% em março, em comparação com fevereiro, segundo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada nesta sexta-feira (7) pelo IBGE. No mês anterior o estado havia registrado uma leve alta em relação aos três últimos resultados.

A receita nominal paraibana também apresentou recuo, de 3%. Foi a 9ª maior retração do país e 4ª do Nordeste, atrás apenas do Ceará (-8,6%), Piauí (-4,9%) e Pernambuco (-3,3%).

A variação acumulada de 12 meses foi de 0,1%, no volume, e 6% na receita. Os índices foram menores que os identificados nas médias do país, nos dois casos. As médias do Brasil ficaram em 0,7% e 6,9%, respectivamente.

O volume de vendas da Paraíba também caiu, em cerca de -0,8%, enquanto a receita nominal cresce 9,9%. No Brasil, os resultados foram positivos, de 2,4% para o volume de vendas e 13,8% para a receita nominal.

O comércio varejista ampliado paraibano registrou redução de 7% no volume de vendas e de 2,7% na receita. O setor inclui serviços como a venda de veículos, motos, partes e peças e de material de construção.

Em 12 meses, o volume estadual permaneceu estável (0,0%), e a receita apresentou aumento de 6,1%. Os resultados foram melhores que os observados na média brasileira nos dois indicadores.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.