Economia e Negócios

Vendas do comércio varejista da PB são a 3º menor do NE e ficam abaixo da média no Brasil

Pesquisa do IBGE constatou queda de 5,3% no volume de vendas do varejo paraibano em março, no começo do isolamento.




De acordo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgada nesta quarta-feira (13), o volume de vendas do comércio varejista da Paraíba apresentou uma redução de 5,2% no mês de março, quando as primeiras medidas restritivas contra a pandemia de Covid-19 foram estabelecidas. A queda é a maior apresentada pelo estado desde setembro de 2018, e está abaixo da média nacional.

Imagem: Reprodução PMC IBGE

A redução de 5,3% é considerada quando comparada ao volume de vendas do varejo paraibano em fevereiro deste ano. No entanto, apesar de a retração ser menor que a média apresentada em todo o Brasil (-2,5), no âmbito regional, a ainda Paraíba ficou atrás dos estados do Piauí (-5%) e Maranhão (-5,1%), com a terceira menor variação do Nordeste.

O gerente da PMC Brasil, Cristiano Santos, acredita que a queda apresentada em âmbito nacional só não foi maior devido ao funcionamento das áreas de produção consideradas essenciais durante o período de isolamento social, como a indústria, por exemplo.

“As cidades consideraram hiper e supermercados e produtos farmacêuticos como atividades essenciais, enquanto as demais tiveram as portas fechadas nos comércios de rua e nos centros comerciais”, explicou Cristiano Santos.

O impacto da redução de vendas no setor varejista na Paraíba na receita nominal apresentou uma queda um pouco mais baixa. Ainda assim, a redução ficou acima da média nacional (3,7%) em março, ainda segundo a PMC.

A variação de 2% em março, apresentada pelo volume de vendas, foi positiva, já que a média brasileira ficou em 2,1%, e da mesma forma que o volume de vendas, a variação da receita da Paraíba, em âmbito regional, foi a terceira menor no Nordeste, ficando atrás do Piauí (-2,9%) e Maranhão (-3,5%), igualmente.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.