Economia e Negócios

São João terá novo layout em CG

Mudanças acontecerão na cidade cenográfica e no palco; estratégia pode tornar o evento ainda mais competitivo no calendário turístico.



Leonardo Silva
Leonardo Silva
Calendário com atividades realizadas no Parque do Povo em outras épocas do ano deve ser criado e divulgado

O São João de Campina Grande, que completa 30 anos e deve movimentar 500 mil visitantes ao longo dos 30 dias de junho de 2013, passará por uma mudança de layout no Parque do Povo.

Segundo a secretária de Turismo da cidade, Catharine Bento, a proposta é de “subir o palco e descer a cidade cenográfica”, para que o campinense e o visitante consigam acompanhar com mais conforto as atrações da festa.

“A impressão que se tinha era de que o local do palco ficava muito cheio. Embora realmente muitas pessoas participem da festa, a sensação se dava mais pelo estreitamento do local. Invertendo isto, trazemos uma proposta nova para o São João de Campina Grande”, comentou, durante a 22ª edição do Brazil National Tourism Mart (BNTM 2013) – evento do turismo nordestino, organizado pela Comissão de Turismo Integrado (CTI Nordeste).

A estratégia pode tornar o evento ainda mais competitivo dentro do calendário turístico paraibano, conforme explicou. Mas, sobre os recursos que serão investidos neste ano, Catharine explicou que não há um montante fechado e que o valor de 2013 pode ficar um pouco abaixo do que o que foi gasto em 2012 para o mesmo fim. “O São João demanda muitos recursos, estamos tendo o maior cuidado para que se tenha o que é essência, o necessário, sem que tenhamos gastos estrondosos – que a gente não pode. De qualquer modo, nossa expectativa é muito boa com um público entre 10% e 20% maior do que o ano passado”, afirmou.

De acordo com a secretária, muita coisa deve mudar neste ano e o destino ‘Campina Grande’ será tratado de forma diferenciada. “A gente tá trabalhando junto à PBTur [agência paraibana de turismo] para divulgar o destino, com a dimensão que tem em outras épocas do ano, não apenas no São João.

No Carnaval, por exemplo, temos o Encontro da Nova Consciência e uma programação religiosa para o período. Há tempos, Campina não participava de feiras e a gente produziu um material desde fevereiro para trabalhar isto”, pontuou.

Catharine mencionou ainda o Festival de Inverno e o Comunicurtas – mostra de cinemas que acontece no segundo semestre. “Queremos estabelecer esse calendário efetivo de eventos de grande potencial que a cidade tem, além dos eventos corporativos que devem acontecer com frequência em 2013”, disse.

INTERIORIZAÇÃO
De acordo com o secretário de Turismo da Paraíba, Renato Feliciano, neste ano, o Estado trabalhará na interiorização do setor para fortalecê-lo junto àquelas regiões que já são, de certo modo, polos turísticos. “O turismo de eventos deve ajudar bastante neste processo de movimentação do mercado durante todo o ano. Em 2013, o govenador Ricardo Coutinho vai inaugurar o Parque dos Dinossauros, em Sousa. E, além disso, estamos trabalhando fortemente no Brejo paraibano e na malha rodoviária do Estado a fim de encurtar distâncias e facilitar o acesso”, comentou. (A repórter viajou a Salvador a convite da coordenação do BNTM).

Reservas de hotéis já atingem 60% na cidade

A festa mais aguardada de Campina Grande, o São João, será iniciada em menos de dois meses e as reservas em alguns hotéis da cidade, durante os finais de semana de junho, já chegaram a 60% das ocupações. A expectativa para este ano, segundo o presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Campina Grande, Divaildo Bartolomeu, é que os turistas ocupem 95% dos 2.568 leitos espalhados pelos 28 estabelecimentos do tipo, na cidade.

A programação dos dias de festa já foi divulgada e acontecerá entre 7 de junho a 7 julho, mas desde o início do mês passado, os turistas já começaram a realizar as reservas, garantindo assim sua estadia durante os festejos juninos. Conforme o presidente do sindicato, no ano passado os hotéis ocuparam 90% de sua capacidade, mas para este ano, a expectativa é que haja um aumento de mais 5%.

“Esperamos que a ocupação atinja 95% este ano, porque a divulgação da festa está muito grande, acontecendo em feiras de negócios, principalmente no Sul e Sudeste do país. Então a nossa expectativa é que mais pessoas de outras regiões do Brasil participem da festa”, informou. Em alguns hotéis da cidade, entre os dias 14 e 16 de junho (final de semana), todos os leitos já estão reservados, como no Garden Hotel, que possui 576 apartamentos.

Conforme a gerente do setor comercial e de reservas do estabelecimento, Florisa Torres, as reservas para o final de semana já chegaram a 60% da ocupação total. “Nós recebemos muitos turistas todos os anos, a maioria aqui da região do Nordeste, vindos de Recife, Fortaleza, Maceió, mas cada vez mais recebemos pessoas vindas de outras partes do Brasil. Ano passado, 100% dos leitos foram ocupados aqui no hotel, durante os finais de semana”, disse.

Ela explicou que em finais de semana normais, o pacote para dois dias é de R$ 700, mas em junho, os preços variam em torno de R$ 2.200. A gerente contou que além da hospedagem em si, os clientes procuram conforto, segurança e lazer. Já no Hotel Marc Center, os turistas encontram a praticidade, pela curta distância com o palco principal do São João, o Parque do Povo. “A maioria se preocupa com a proximidade e por causa disso nós já estamos com 40% a 50% de ocupação, para os fins de semana”, contou a responsável do setor de reservas e eventos, Natália Liseaux.

Lá, o pacote mínimo para o final de semana de junho, é de R$ 1 mil, dependendo da quantidade de leitos por quarto. Ela contou que a expectativa é que as reservas aumentem no início de maio. “Depois disso fica mais difícil encontrar pacotes com preços mais viáveis e até leitos disponíveis”, aconselhou. Na próxima semana, o sindicato irá se reunir com os empresários da cidade, para discutir o aumento dos preços das tarifas, assim como a oferta de um serviço ainda mais qualificado. “Nós fazemos um trabalho na esperança de que a cada ano seja mais positivo e só traga ainda mais turistas para a cidade”, disse Divaildo. (Isabela Alencar)


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.