Economia e Negócios

Rede Paraíba de Comunicação lança campanha que incentiva produção local e pertencimento

Conceito reafirma incentivo ao que é feito na PB: na agricultura, cultura, economia.




Foto: Divulgação

A Rede Paraíba de Comunicação lança nesta segunda-feira (22) a campanha “Paraíba que Floresce e Colhe”. Após um ano difícil como 2020, em que a pandemia do novo coronavírus foi motivo de incertezas, o conceito chega para reafirmar o pertencimento e como incentivo ao que é feito na Paraíba, seja na agricultura, na cultura, na economia.

O conceito surgiu no momento de escolher o tema para o calendário 2021. “Com os desafios da pandemia e do isolamento, passamos a olhar ainda mais, e mais de perto, para o que nos cerca, ressignificando nossos territórios”, explica Vanessa Maciel, coordenadora de marketing da Rede Paraíba e uma das responsáveis pela campanha.

O tema ganhou raízes, tronco e copa. Saiu do calendário para ganhar projetos institucionais da empresa e também do jornalismo, incentivando ações voltadas para o meio ambiente e produção local.

“É missão e valor da Rede Paraíba exaltar o estado do litoral ao sertão. Ter orgulho do que se é e do que se faz impulsiona a gente e continuar acreditando que é possível. Queremos mostrar ao paraibano que não faltam motivos nem oportunidades para se manter de pé e com esperança”, ressalta Vanessa.

A produção de conteúdo dos veículos da Rede Paraíba de Comunicação será com assuntos voltados às feiras de produtos orgânicos, iniciativas agrícolas que estimulam a produção local, safras frutíferas, além de datas comemorativas como Dia Mundial do Artesão, Dia do Sertanejo e Dia do Trabalhador Rural.

Com a campanha “Paraíba que Floresce e Colhe”, o momento de colheita e recomeço fica marcado para 2021. “É tempo de colher, de florescer, de fazer acontecer”, diz uma das frases da campanha.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.