Economia e Negócios

Prova de vida do INSS volta a ser obrigatória a partir desta terça-feira

Obrigatoriedade do procedimento estava suspensa desde março de 2020, em virtude da pandemia da Covid-19.




A prova de vida para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), suspensa desde março de 2020 em virtude da pandemia da Covid-19, volta a ser obrigatória a partir desta terça-feira, 1º de junho. O pagamento do benefício previdenciário pode ser suspenso caso a prova de vida não seja realizada.

Os procedimentos feitos para a prova de vida acontecem anualmente para segurados e pensionistas do INSS que recebem o benefício por conta corrente, conta poupança ou cartão magnético, para comprovar que estão vivos. O principal objetivo é fornecer maior segurança para o cidadão e para o governo, evitando fraude e pagamentos indevidos.

Em fevereiro deste ano teve início a nova etapa de testes da prova de vida por biometria facial, onde 5,3 milhões de beneficiários de todo o país podem realizar o procedimento sem sair de casa, através do aplicativo gov.br. Inicialmente, esse tipo de procedimento não é destinado a todos os segurados.

Pra acessar a prova de vida online o segurado deve receber uma mensagem de texto ou e-mail com a convocação do governo, e já ter biometria cadastrada na Justiça Eleitoral ou no Departamento de Trânsito (Detran), além de celular com câmera fotográfica.

>>> Confira o passo a passo no site do INSS

Na prova de vida presencial, aposentados e pensionistas com biometria bancária cadastrada pode usar qualquer caixa eletrônico para realizar o procedimento. Já os beneficiários sem biometria podem ir à agência bancária com CPF e documento oficial com foto.

A Caixa Econômica Federal realiza a prova de vida do INSS para clientes que possuem identificação biométrica cadastrada, na rede de autoatendimento, e para os demais com atendimento individual. Já no banco Banco do Brasil a prova de vida pode ser feita pelo aplicativo da agência.

No Bradesco a prova de vida pode ser feita nas máquinas de autoatendimento Bradesco e Banco 24 horas. Pra isso, o cliente deve possuir biometria cadastrada. O Itaú oferece o procedimento de forma automática, mediante uso da biometria em transações em caixas eletrônicos, e no Santander a prova de vida é feita nos terminais de atendimento com uso da biometria.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.