Economia e Negócios

Projeto paraibano de R$ 283 milhões para investimento em turismo recebe selo de prioridade para BNDES

Mais de 70% do recurso será destinado a melhorias de infraestrutura.




Picãozinho Verão Praia (Foto: Cácio Murilo/ MTur/ Acervo)

Ministro espera que praias da Paraíba se tornem a Cancún brasileira (Foto: Cácio Murilo/ MTur/ Acervo)

Um projeto paraibano de R$ 283 milhões para investimento em turismo recebeu um selo do Ministério do Turismo que garante prioridade na análise técnica para liberação por parte do BNDES.  De acordo com o Ministério, o projeto apresentado pela Paraíba prevê que 70% desse recurso vai ser investido em infraestrutura.

O selo +Turismo foi entregue ao governador eleito João Azevêdo (PSB), pelo ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, que sugeriu que o estado busque aumentar a oferta de voos. “Realmente as belezas das praias paraibanas, com águas transparentes e temperaturas amenas são um atrativo diferenciado do Brasil. Por que não fazer da Paraíba uma Cancun no Brasil?”, comentou Lummertz.

Sinal do interesse do turista é que este ano João Pessoa se tornou um dos destinos nacionais mais buscados na Internet para o Réveillon, segundo levantamento do Voopter (aplicativo brasileiro especializado na comparação de preços de passagens aéreas). “Temos tudo para despontar como um dos principais destinos turísticos do Brasil no contexto doméstico e internacional”, disse o governador eleito durante o encontro com o Ministro.

Reforço nos vôos

De acordo com a presidente da PBTur, Ruth Avelino, a opção por João Pessoa é resultado da intensificação do processo de divulgação do Destino Paraíba nos principais polos emissores de turistas, em especial, no estado de São Paulo, maior emissor de turistas para o Nordeste.

Ruth Avelino enfatizou que a capital receberá um reforço de mais de 275 voos extras a partir de dezembro de três das quatro companhias aéreas que operam no Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, na Região Metropolitana de João Pessoa. Além disso, o Porto de Cabedelo passará a receber, a partir de fevereiro, 26 atracamentos de cruzeiros marítimos, o que representa a chegada de mais de 13 mil cruzeiristas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.