Economia e Negócios

Pesquisar preço vira item obrigatório

Diferença de preços entre um supermercado e outro, ou mesmo entre uma marca e outra, pode ser grande, e o consumidor deve ficar de olho.




A boa e velha dica da pesquisa de preços continua valendo. A diferença de preços entre um supermercado e outro, ou mesmo entre uma marca e outra, pode ser grande, e o consumidor deve ficar de olho.
Pesquisa do Procon-JP realizada em oito supermercados mostrou variação de até 122,61% nos itens natalinos. O produto que apresentou maior diferença de preço foi o frango Assa Fácil Seara, cujo quilograma custa entre R$ 8,98, no Hiper Bompreço, e R$  19,99 no Supermercado Manaíra.

O quilograma da uva passa varia de R$ 11,29, no Super Box Brasil, para R$ 21,00 no supermercado Extra, variação de 86,01%. O valor do bacalhau Saithe varia entre R$ 28,90 o quilograma, no Hiper Bompreço, e R$ 45,69 no supermercado Santiago, diferença equivalente a 58,10%.

A menor variação encontrada foi no Tender Perdigão, que custa R$ 35,26 no Hiper Bompreço, e R$ 35,28 no Carrefour. Já o Tender Mini da Sadia apresentou variação de 37,82%, com preços indo de R$ 39,90 no Extra a R$ 54,99 no Supermercado Manaíra. (Bárbara Wanderley)


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.