Economia e Negócios

Paraíba terá primeiro pólo de Biodiesel a partir de dezembro

Grupo Bionor investirá R$ 180 milhões no pólo que terá sede em Cajazeiras e abrange 90 municípios do Sertão.




Da Redação
Com informações da Secom/PB

A cidade de Cajazeiras vai ser sede do Pólo Metropolitano de Biodiesel da Paraíba a partir de dezembro. O Grupo Biodiesel Nordeste (Bionor) investirá R$ 180 milhões com o plantio do pinhão-manso para o primeiro pólo de Biodiesel do Estado que envolverá 90 municípios.

O projeto prevê produção integrada de biodiesel da ordem de 300 milhões de litros por ano, com benefício direto a 25 mil famílias de agricultores de 90 municípios do Sertão. Serão instaladas duas unidades da Bionor, uma em Cajazeiras e outra em Cabedelo. Só em Cajazeiras serão investidos R$ 90 milhões.

O pinhão-manso é uma planta que não precisa de irrigação, é resistente à seca, e com apenas 200 milímetros de chuva por ano consegue produzir. Além disto, se adapta a todo tipo de solo, em especial ao semi-árido do Nordeste, tem vida útil de até 50 anos, pode ser cultivada pelo pequeno agricultor que também cultiva milho e feijão, na agricultura familiar.

Ainda está sendo importada para Cajazeiras uma nova tecnologia que irá extrair do pinhão-manso a lignina, uma substância tóxica e esta tecnologia também vai proporcionar a produção da torta animal, um fator importante para a consolidação da pecuária, que de setembro a novembro, sofre com a escassez de alimentos.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.