Economia e Negócios

Paraíba tem 9ª maior perda acumulada do país no setor de serviços, aponta IBGE

Pesquisa divulgada nesta quinta (11) mostra recuo de -10,9% em um ano.




O volume de serviços na Paraíba apresentou o 9º maior recuo do país em 12 meses, segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta quinta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apesar de ter registrado variações positivas de um mês para o outro, em um ano o estado acumula uma perda de 10,9%, maior que a constatada em todo o Brasil , que foi de 7,8%.

Os índices negativos mais intensos do país foram constatados no Nordeste, que ocupa as primeiras posições no ranking nacional de maiores reduções. Entre os estados da região, Alagoas, com queda de 16,1%, ocupa o primeiro lugar; seguido pelo Rio Grande do Norte (15,7%); Sergipe (15,1%); Bahia (14,8%); Piauí (14,5%); Ceará (13,6%); e Pernambuco (12,4%). A Paraíba ficou à frente apenas do Maranhão (4%).

Já em relação à receita nominal, no acumulado de 12 meses, o setor paraibano, com um recuo de 10,6%, também apresentou uma retração maior que a média brasileira, de 7,1%). A redução apresentada pelo estado foi a 10ª maior do Brasil, de acordo com o IBGE.

Em comparação com o mês de novembro, a variação foi positiva (1%), tanto no volume de serviços como na receita nominal do setor no estado. Os indicadores ficaram acima dos resultados nacionais, de 0,2% e 0,7%. Já em relação a dezembro de 2019, houve queda de 6,6%.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.