Economia e Negócios

Paraíba registra melhor saldo de empregos para o mês de abril dos últimos seis anos

Estado criou 778 postos de trabalho.




Paraíba registra melhor saldo de empregos para o mês de abril dos últimos seis anos / Foto: Arquivo

O mês de abri de 2019 na Paraíba se destacou no quesito geração de emprego. De acordo com dados da secretaria especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta sexta-feira (24), no último mês o Estado criou 778 postos de trabalho.

Foram registradas 10.025 admissões e 9.247 desligamentos. Ainda segundo a pesquisa, o resultado é o melhor entre os meses de abril desde o ano de 2013. As cidades de João Pessoa (412 vagas), Campina Grande (178 vagas) e Patos (86 vagas) lideraram a criação de vagas entre os municípios paraibanos.

Os setores de serviços (863 vagas) e construção civil (144 vagas) concentraram os saldos positivos de abril entre as atividades econômicas estaduais. a agropecuária (-271 vagas) e o comércio (26 vagas) foram as atividades responsáveis pelas maiores baixas dos postos de trabalho.

Cenários regional e nacional

Os Estados da Bahia (10.093 vagas), Maranhão (6.681 vagas), Ceará (2.153 vagas) e Paraíba (778 vagas) registraram os melhores saldos de emprego da Região Nordeste. Já os estados de Alagoas (-4.692 vagas) e do Rio Grande do Norte (-501 vagas) tiveram baixas no emprego em abril.

Em âmbito nacional, todas as regiões apresentaram saldo positivo de empregos, com destaque para o Sudeste (81.106 vagas). Na sequência aparecem as regiões Nordeste (15.593 vagas), Centro-Oeste (15.240 vagas), Sul (14.570 vagas) e Norte (3.092 vagas).

O Brasil registrou a abertura de 129.601 novas vagas de emprego com carteira assinada em abril, resultado de 1.374.628 admissões e 1.245.027 desligamentos. Assim como a Paraíba, o País registrou o melhor resultado para abril desde 2013.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.