Economia e Negócios

Novo aplicativo de transporte passa a operar no Brasil começando por João Pessoa

Startup russa é a quinta opção de aplicativo do tipo a operar na capital




In driver, aplicativo de transporte (Foto: Diogo Almeida)

(Foto: Diogo Almeida)

Um novo aplicativo de transporte privado começou a operar no Brasil essa semana e João Pessoa é a primeira cidade do país a receber o serviço. Com a chegada do aplicativo, sobe para cinco o número de startups com este perfil atuando na capital.

Criado na Rússia, o inDriver está em 160 cidades de 11 países, entre eles México, Peru,Chile e Equador. A operação no Brasil significou um investimento de 50 milhões de dólares e João Pessoa foi eleita para ser a cidade de entrada. O sistema opera desde a quarta-feira (28).

O inDriver funciona de forma semelhante a outros aplicativos de transporte privado já circulando por João Pessoa: Uber e 99, já bem conhecidos na capital, e os menos conhecidos Femidriver e Yet Go. O aplicativo está disponível para download gratuito tanto no Google Play Store quanto na AppStore.

O Jornal da Paraíba fez a simulação de teste oferecida pelo aplicativo para entender algumas funcionalidades. A primeira diferença é que é possível indicar a tarifa que o passageiro quer pagar pela corrida, junto com os endereços de saída e de chegada. Os dados são repassados para os motoristas, que respondem se têm interesse em atender o pedido. Na tela do aplicativo aparecem notificações desses motoristas e informações sobre seus veículos. Assim, o passageiro escolhe entre eles qual quer chamar. Existe também uma tabela de referência com valores que geralmente são cobrados para algumas variações de distâncias.

Com isso, a empresa garante que há redução de até 20% no valor da tarifa em relação aos outros aplicativos. “Nós queremos que clientes e motoristas determinem de modo independente e direto o valor justo e favorável para cada trecho”, diz o Diretor de Desenvolvimento de Negócios da startup, Yegor Fedorov.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.