Economia e Negócios

Líderes de telefonia perdem mercado

Segundo dados da Anatel, operadora Oi, que detinha maior fatia de público no estado já enfrenta retração de 3,1 pontos.




A operadoras de telefonia celular com menor participação de clientes estão ganhando mercado na Paraíba. Dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) revelam uma retração de 3,1 pontos percentuais na base de clientes da operadora Oi, líder no mercado paraibano, no mês de abril.

Já a Vivo, que tem menor número de acessos no Estado, ampliou de 6,3% para 8,5% a sua fatia entre as operadoras no Estado.

Em maio de 2011, a Paraíba possuía 3,686 milhões de linhas de celular ativas e, no último mês, somou 4,459 milhões de habilitações. Nos últimos 12 meses, o número cresceu 21%, taxa que representa mais 773 mil acessos móveis sendo utilizados no Estado.

O aumento no total de habilitações não foi acompanhado pela empresa líder em telefonia celular na Paraíba. A Oi que detinha 38,08% do mercado paraibano em maio do ano passado, caiu para 34,93%.

Após ultrapassar a Claro, a Tim deixou de crescer e teve uma pequena queda nos últimos doze meses, segundo a Anatel. A operadora saiu de 31,19% para 31,49%.

A Oi tem atualmente 1,557 milhão de acessos ativos, enquanto a Tim possui 1,271 milhão.

Já a Claro possuía 24,96%, em maio de 2011, e passou para 25,07%, no último mês. A Vivo destacou-se com um aumento de 64% na sua base de clientes no Estado (148 mil), passando de 231,3 mil acessos em maio de 2011, para 379,5 mil, em abril deste ano.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.