Economia e Negócios

Mais de 2,3 mil postos de trabalho são perdidos nas indústrias da Paraíba em um ano, aponta IBGE

Pesquisa Industrial Anual (PIA) Empresa 2018 apontou redução de 3,3% no total de vagas.




Imagem: Reprodução/IBGE

Pelo menos 2.354 postos de trabalho no setor de indústria foram perdidos em um ano na Paraíba, segundo a Pesquisa Industrial Anual (PIA) Empresa 2018, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (18). A redução de 3,3% no total de vagas nas empresas com mais de cinco pessoas empregas, do setor, foi registrada entre os anos de 2017 e 2018.

Mesmo com a queda registrada entre 2017 e 2018, o setor teve um aumento de 6,4% no total de pessoas empregadas em 10 anos. A quantidade de trabalhadores passou de 64.295, em 2009, para 68.413, em 2018, um acréscimo de mais de 4 mil trabalhadores no setor.

A maioria dos trabalhadores, pelo menos 98,4% deles, estava empregada em indústrias de transformação, e outros 1,6% nas indústria extrativas, em 2018. O número de empregados na indústria paraibana representou apenas 0,9% do total do Brasil. O percentual do estado é o 4º do Nordeste.

Houve uma redução de 4,4% na quantidade de unidades industriais instaladas na Paraíba, entre 2017 e 2018. O percentual equivale a menos 81 locais, e se contrapõe ao levantamento em 10 anos, quando houve um acréscimo de 18,8% nas indústria do estado, com mais 273 unidades.

A preparação de couros e fabricação de artefatos com o material foi a atividade com maior participação no Valor da Transformação Industrial (VTI), com 25,8% do total em 2018. O VTI é uma aproximação do valor adicionado da indústria, que resulta da diferença entre o valor bruto da produção e os custos.

A fabricação de produtos alimentícios foi a segunda com maior representatividade (13,7%), a fabricação de produtos minerais não metálicos foi a terceira (13,4%), a de coque, de produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis, a quarta (9%). Outros setores correspondem a 38,2% das atividades industriais.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.