Economia e Negócios

Escolas particulares já reajustam pré-matrícula em até 15%

Novo índice é praticado antes da entraga das planilhas ao Procon-JP, que acontece nesta sexta.




Algumas escolas privadas de João Pessoa já estão adotando reajuste de até 15%  no pagamento da pré-matrícula para o próximo ano. O índice ficou bem acima da inflação dos últimos doze meses (9,5%).

Segundo o secretário do Procon de João Pessoa, Helton Renê, caso o reajuste aplicado não seja justificado em planilha ou esteja acima do índice acordado entre as instituições de ensino e o órgão de defesa do consumidor, o valor cobrado poderá ser abatido nas mensalidades.

Hoje, o Procon-JP vai se reunir com proprietários das escolas privadas para receber as planilhas de custos e analisar se os números apresentados justificam os aumentos propostos pelos empresários.
“Hoje vamos receber os proprietários das escolas particulares e discutir o reajuste para o próximo ano. Não acho prudente o empresário  já estar reajustando o valor da matrícula porque se o índice for considerado abusivo, ele corre o risco de abater o valor na mensalidade”, explicou o secretário.

VENDA CASADA

O secretário adjunto do Procon -JP, Marcos Santos, lembrou ainda que os pais devem ter cuidado na hora de se programar para o início do próximo ano letivo e não aceitar, por exemplo, a prática de venda casada por parte das instituições de ensino. “As escolas não podem fazer a matrícula do aluno mediante a compra do material escolar na unidade educacional”.

Outra situação que o consumidor deve atentar é para a cobrança de taxa para reserva de matrícula ou pré-matrícula, para assegurar a vaga do estudante. A taxa cobrada  por estas práticas deve ser abatida quando for efetuada a matrícula.

O presidente do Sindicato das Escolas da Rede Privada da Paraíba, Odésio Medeiros, confirmou a participação dos empresários hoje com o Procon-JP e falou sobre a adoção da matrícula com reajuste. “Os donos de escolas podem adotar o novo índice de reajuste se desejarem, porque a lei permite”.
Segundo Odésio Medeiros, o percentual de aumento previsto para o próximo ano deve ficar entre 10% e 15%. A reunião entre os empresários das escolas privadas e o Procon-JP ocorrerá às 9 horas, na sede do Senac, situado na avenida Dom Pedro I, na capital paraibana.

Saiba mais

Antecipar a pré-matrícula de 2016 para garantir uma economia sem reajuste está cada vez mais difícil nas escolas privadas de João Pessoa. A maior parte das escolas ou já reajustou o preço da pré-matrícula com base em seu índice ou vem retardando o período da matrícula para o próximo mês, mas com reajuste.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.