Economia e Negócios

Empregado virou Empreendedor Individual

Ter o próprio negócio, aproveitando oportunidades para aumentar renda é o desafio de muitos empreendedores.




“A coisa tem melhorado mesmo nos últimos meses”. Este relato é do empresário Jair Pereira, que há um ano resolveu deixar a situação de empregado e encarar o desafio de ter seu próprio negócio com a formalização pela internet do Empreendedor Individual. A JP Recebimentos comercializa produtos de cama, mesa e banho de porta em porta e controla o pagamento feito pelos seus clientes, que pagam em prestações. O empresário iniciou suas atividades junto com um irmão, em março de 2011.

Hoje, eles contam com a atuação de outros dois funcionários e o faturamento médio já chegou ao patamar de R$ 2,5 mil ao mês.

“A coisa melhora quando tem uma data festiva. Neste mês de maio, por exemplo, o Dia das Mães deverá trazer bons negócios e as expectativas são as melhores”, relata.

Nos primeiros meses de funcionamento, com a clientela ainda restrita e a dificuldade de encontrar fornecedores, Jair encontrou obstáculo. “Hoje, eu já consigo comprar de fornecedores grandes, consigo melhor preço e maior variedade" (Demócrito Garcia).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.