Economia e Negócios

Crédito imobiliário atingiu R$ 9,2 bilhões em abril

É o melhor resultado para um mês de abril nos últimos 20 anos.




O volume de empréstimos para aquisição e construção de imóveis somou R$ 9,2 bilhões, no mês passado, o melhor resultado para um mês de abril nos últimos 20 anos. Comparado ao mesmo período do ano passado, apurou-se crescimento de 10%, e em relação ao mês anterior (março), observou-se alta de 11%.

Nos primeiros quatro meses deste ano, foram financiados R$ 34,4 bilhões para aquisição e construção de imóveis, 20% a mais que em igual período do ano passado.

No período acumulado de 12 meses, até abril de 2014, o volume de empréstimos para aquisição e construção de imóveis, com recursos das cadernetas de poupança no Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) alcançou o montante de R$ 114,9 bilhões, 30% mais do que o apurado nos 12 meses precedentes.

Financiamentos Imobiliários – (Unidades): Em abril, foram financiadas aquisições e construções de 43,7 mil imóveis, com crescimento de 7% em relação ao mesmo mês do ano passado. Comparado a março, observou-se alta de 16%.

Nos primeiros quatro meses deste ano, foram financiados mais de 167 mil imóveis, volume 16% maior que em igual período de 2013.

Nos últimos 12 meses compreendidos entre maio de 2013 e abril de 2014, foram financiados 553 mil imóveis, 20% acima das 459 mil unidades contratadas nos 12 meses imediatamente anteriores, marcando um novo marco histórico.

Poupança SBPE: Saldo: As cadernetas de poupança do SBPE interromperam, em abril, uma sequência de 25 meses de captação líquida positiva, com os saques superando os depósitos em R$ 736 milhões. Mas apesar do resultado de abril, a captação líquida foi positiva em 3,6 bilhões no primeiro quadrimestre deste ano.

Poupança SBPE: Captação Líquida: O saldo dos depósitos de poupança no SBPE superou os R$ 480 bilhões, em abril deste ano, com elevação de 19% em relação ao saldo de abril do ano passado


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.