Economia e Negócios

BNB renegocia dívidas de produtores rurais com descontos de até 85%

Benefícios devem atender 24 mil produtores rurais no estado e incluem até 85% de desconto e até dez anos para pagamento.



Divulgação
Divulgação
O Banco do Nordeste também suspendeu, até 31 de dezembro, ações de cobrança judicial das operações em situação de atraso enquadráveis

Doze agências do Banco do Nordeste na Paraíba devem atender 24 mil produtores rurais para renegociações de débitos pendentes. Os benefícios incluem liquidação das dívidas com até 85% de desconto ou renegociação a partir da avaliação de cada caso pelas equipes das agências. O prazo final da regularização termina em dezembro, de acordo com a lei 12.844.

Em média, os valores a serem regularizados giram em torno de R$ 12.750 por operação, considerando os juros de atraso. Do número total de agricultores, a maior parte se encontra no interior do estado, distribuídos em 33% no Sertão; 32% no Agreste; 31% na Zona da Mata e 5% na Borborema.

Para pleitear a liquidação ou renegociação, o cliente deve procurar a agência bancária a que está vinculado, verificar o enquadramento da operação e formalizar a adesão. Nos casos de renegociação sem desconto, pode ser concedido um prazo de pagamento de até dez anos, com base na resolução 4.314 do Conselho Monetário Nacional ou por meio da lei 12.844. 

O gerente executivo da superintendência do Banco do Nordeste na Paraíba, Silvio Marcos, explica que a lei 12.844, de julho 2013, enquadra os produtores rurais atingidos pela seca e prevê mecanismos de atenuação desses débitos e reinserção desses agricultores em negócios no meio rural.

“Essa é uma oportunidade de liquidar a dívida com até 85% de desconto. Até o último mês de agosto, foram regularizadas/liquidadas R$ 78 milhões em dívidas na Paraíba, sendo concedido um desconto médio de 78% no valor da dívida atualizada sem juros de atraso”, explicou.

Por determinação da mesma lei, o Banco do Nordeste também suspendeu, até 31 de dezembro, ações de cobrança judicial das operações em situação de atraso enquadráveis.

As agências que estarão trabalhando de forma intensificada na campanha de renegociação de dívidas são: Campina Grande–Centro, Guarabira, Catolé do Rocha, Alagoa Grande, Solânea, Sumé, Patos, Cajazeiras, Sapé, Sousa, Itaporanga e Pombal.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.