Economia e Negócios

BB começa a operar em 203 agências dos Correios na PB

A fusão das duas empresas públicas federais atinge 87,89% das cidades paraibanas.




As 203 agências do Banco Postal dos Correios na Paraíba, distribuídas em 196 municípios do Estado, passaram ontem a funcionar também como agências do Banco do Brasil. A fusão das duas empresas públicas federais atinge 87,89% das cidades paraibanas. Em todo o país serão mais de seis mil agências do Banco Postal dos Correios em 5.273 cidades, um total de 95% de cobertura. A meta é chegar em 2014 a 100%, com mais de 20 mil pontos de atendimento no Brasil.

O diretor Regional dos Correios na Paraíba, José Trajano Vasconcelos, explicou que nas localidades onde os Correios não possui agência própria, são utilizadas agências comunitárias, que em breve se tornarão correspondentes bancários. “Até 2014 a meta é atingir todos os 223 municípios com agências próprias. Em distritos e comunidades com mais de 50 mil habitantes também levaremos agências bancárias.

Amanhã inauguraremos uma em Parari e até o fim do mês outra no distrito de Jacumã, no Conde”, antecipou.

Para o superintendente do Banco do Brasil na Paraíba, Carlos Alberto Ramos da Silva, a parceria com os Correios possibilita aumentar a participação de mercado junto aos clientes que ganham menos e que ainda se intimidam pelo ambiente de uma agência bancária. “Queremos intensificar o processo de inclusão bancária para as classes C e D, que se torna possível com a união de duas empresas públicas, perfeitamente antenadas com a política do Governo Federal. A meta é que as pessoas possam fazer parte do sistema financeiro, contraindo empréstimos, circulando o dinheiro”, afirmou.

Dentro da estratégia de inclusão bancária, explica o
superintendente, o acréscimo de correspondentes bancários via Banco Postal permitirá ao Banco do Brasil oferecer produtos e serviços bancários em regiões onde não atuava e potencializar o atendimento nas localidades em que já está estabelecido.

Dentre os serviços ofertados, estão a movimentação de conta corrente, poupança, cartões pessoa física e jurídica, empréstimos pessoa física e jurídica, pagamento de contas de consumo e transferência bancária.

Paralelamente aos serviços financeiros oferecidos à população dos municípios onde não havia correspondente do Banco do Brasil, o Banco desenvolverá ações de educação financeira, enfatizando a importância da gestão do orçamento familiar e da utilização consciente do crédito. “Há quatro meses que as equipes dos Correios que trabalharão no atendimento direto ao público receberam treinamento especializado para melhor orientar sobre gestão de orçamento e aplicação financeira. Além disso, temos orientações em nosso site”, explicou Carlos Alberto.

Para os clientes pessoas jurídicas, inclusive do setor público, serão oferecidos produtos e serviços direcionados para esse segmento, com destaque para o pagamento eletrônico de salários.

SEGURANÇA
Segundo o BB, a segurança dos clientes no Banco Postal está garantida pelo monitoramento com o circuito de TV (24h) que já existia para proteção dos usuários.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.