Cultura

Começam inscrições para 2,8 mil vagas em cursos do Cearte

Oportunidades são para 69 cursos em seis linguagens artísticas.




Mais de 2,8 mil vagas estão sendo oferecidos pelo Centro Estadual de Arte (Cearte) a partir desta segunda-feira (20). As oportunidades são para 2.814 vagas para 69 cursos em seis linguagens artísticas no período 2020.1 para cursos de Dança, Artes Visuais, Música, Teatro, Audiovisual e Literatura. Ao todo serão 269 turmas divididas nas unidades do Centro e da Escola de Dança, que fica no Espaço Cultural, em João Pessoa.

Entre os destaques estão os cursos interdisciplinares, que dialogam entre si construindo um trabalho conjunto. Como exemplos podem ser citados os cursos de Direção de Atores, de Teatro e de Figurino. A interdisciplinaridade tem sido um movimento em expansão com alunos tocando música para alunos que aprendem canto, ou bailarinos em apresentações.

Na área de música, o destaque são os cursos de Saxofone e Acordeon, por serem instrumentos que fogem do usualmente oferecido.

O Cearte ainda mantém parceria para atender crianças de zero a dois anos, com o projeto Canguru. A proposta visa estimular a dança e ajudar a família por meio do movimento conjunto. O objetivo das aulas do Projeto Canguru é auxiliar os pais e bebês nos estímulos iniciais, inserindo um universo lúdico por meio da dança, mas também com contação de histórias, teatro e circo. No Projeto os bebês dançam juntos com os pais ao final de cada aula.

Na grade deste semestre estão cursos concorridos, como os de Dança de Salão, Clássica, Moderna e Urbana; Violão; Fotografia; Teatro e Artes Visuais. Há também cursos que são boas surpresas pelo desenvolvimento que proporcionam aos alunos e os resultados alcançados, como o curso de Teatro para Idosos e Teatro de Boneco Sombras.

Valores

Para fazer os cursos livres, os alunos devem fazer uma contribuição única para o Cearte de R$ 130. Alunos da rede pública e o servidor público que recebe uma remuneração bruta de até dois salários mínimos, mediante apresentação de comprovante de renda, contribui com apenas R$ 60. Já para o projeto Canguru, a contribuição, também única, é de R$ 150. Há cota de quatro vagas para beneficiários de bolsa família.

Nos cursos livres têm direito à gratuidade os beneficiários do Bolsa Família, mediante comprovação, e pessoas com deficiência. Há cotas limitadas por turmas. Vale ressaltar que o Cearte é uma Escola de Arte e se configura como um centro de formação com oferta de cursos livres e de extensão.

As inscrições são feitas de segunda a quinta-feira, das 8h às 17h, apenas na sede do Cearte, no  antigo Grupo Escolar Dr. Thomas Mindelo, no Centro de João Pessoa. Para a matrícula, é necessário levar 2 fotos 3X4, Cópia do RG e CPF, Comprovante de Residência, se menor, certidão de nascimento.

 

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.