Cultura

Sesi Bonecos do Mundo começa nesta terça-feira com programação gratuita

Festival traz atrações de sete países e de sete estados brasileiros.




Espetáculo Ópera Carmem, da Rússia

Começa nesta terça-feira (13), em João Pessoa, o festival Sesi Bonecos do Mundo, que traz em cena companhias de oito países: Rússia, República Tcheca, Espanha, Argentina, Chile, Peru e Brasil, que está representado por grupos de oito estados. O festival segue até este domingo (18). Todas as apresentações são gratuitas, com áudio descrição e tradução para libras. A programação completa está disponível no site do evento.

Na Paraíba, as apresentações acontecem em dois espaços. Da terça-feira (13) a quinta-feira (15), o público assiste aos espetáculos no Theatro Santa Roza em duas sessões, às 19h e 21h. Os ingressos serão distribuídos a partir das 12h do dia da apresentação na bilheteria do teatro. Serão distribuídos até dois ingressos por pessoa.

No sábado (17) e no domingo (18), as apresentações acontecem no Parque Sólon de Lucena. O espaço estará completamente transformado para o festival. A programação começa às 16h30 com espetáculos que interagem diretamente com público. A estrutura do evento é composta também por três palcos, um pavilhão de exposição, um tablado e até uma Kombi para abrigar apresentações. Haverá, ainda, um espaço especial para os mestres mamulengueiros, a Praça dos Mamulengos. Esta é a primeira vez que o estado recebe o Sesi Bonecos do Mundo, com participação de companhias estrangeiras.

Além das apresentações, o público também poderá contemplar uma exposição com quase 300 bonecos. Boa parte deles do acervo de Magda Modesto, umas das maiores pesquisadoras brasileiras sobre o tema. Também estarão expostas verdadeiras relíquias cedidas por mestres mamulengueiros. A mostra celebra a condição do mamulengo como patrimônio imaterial da cultura brasileira, título concedido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 2015.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.