Cultura

Paraibana Socorro Lira fala sobre o DVD ‘Amazônia – Entre Águas e Desertos’

Cantora e compositora radicada em São Paulo reúne canções autorais e algumas parcerias, sempre ambientadas na maior floresta do Brasil




Um trabalho que é fruto de outros dois trabalhos. Assim nasceu o DVD Amazônia – Entre Águas e Desertos (Tratore, R$ 60), da cantora e compositora paraibana Socorro Lira. Inspirada pela  livro O Devir, de Roberto Tranjan, Socorro Lira lançou o CD Amazônia – Entre Águas e Desertos, em 2014, e agora o DVD de mesmo nome, com canções autorais e algumas parcerias, sempre ambientadas na Amazônia, com referências à beleza, diversidade e importância do lugar.

Amazônia – Entre Águas e Desertos é o 10º CD da carreira da cantora, que há 11 anos mora em São Paulo. O DVD surgiu da vontade de fazer com que esse trabalho alcançasse os mais variados públicos. 

“Esse é um trabalho existencial", afirma a cantora paraibana, por telefone. "Não retrata somente depredação ou a questão ambiental, mas também fala da beleza, da riqueza, fazendo um paralelo com a humanidade em toda sua diversidade e solidão”.

A cantora que nasceu em um sítio em Brejo do Cruz e ajudava os pais na roça, foi estudar em  Campina Grande em 1995, onde se formou em Psicologia, e dentro do universo acadêmico pode ter contato com cinema, museus, teatro e conhecer pessoas que a levaram a trilhar o caminho da música.

A cantora mudou-se para São Paulo quando percebeu que, para fazer shows na Paraíba, teria que disputar espaço com amigos, já que é um ambiente restrito. “O mercado é pequeno, fica limitado e eu cansei disso, procurei um lugar maior”, explica Socorro.

Ela ainda comenta: “Mesmo sabendo que meu trabalho não pertence ao grande mercado fonográfico eu desejava alcançar outros públicos, e quando se trata de arte, ela sempre vai existir porque sempre tem alguém que se sensibiliza”.

Dentre as 16 faixas do DVD Amazônia, seis são de autoria da própria Socorro Lira e oito, de gente como Nilson Chaves, Eliakin Rufino, a pajé paraense Zeneida Lima,  Waldemar Henrique e nomes paraibanos como Oliveira de Panelas e Cátia de França.

Socorro ressalta a beleza da 12ª canção do DVD, a música ‘Saga da Amazônia’, de Vital Farias – “Para mim, é uma das canções emblemáticas desse trabalho” – e também sua parceria com o escritor Mia Couto na canção ‘Poema Didáctico’, que junto com a canção ‘Delicado’, de autoria própria, compõe o repertório.

“Eu tive um país pequeno, que não cabia no mundo”, canta Socorro Lira na poesia de Couto, moçambicano. Com delicadeza e grandiosidade, o DVD apresenta uma Amazônia inspiradora, retratando suas riquezas, ressaltando o valor e significado da floresta para toda a humanidade. 

“Não consigo dissociar a arte do propósito de querer que o mundo seja melhor, é para isso que trabalho. A arte, para mim, é um meio de me comunicar, a canção diz o que eu sinto, o que eu penso do mundo”, acrescenta. (Especial para o JP)


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.