Cultura

Os best-sellers do Papa; conheça obras de Joseph Ratzinger

A renúncia do pontificado do alemão fez disparar a corrida editoral pelas obras que envolvem ‘o papa mais lido da história’.




A renúncia ao pontificado do alemão Joseph Ratzinger, na quinta-feira, fez disparar a corrida editorial pelas obras que envolvem a figura considerada pelos clérigos como o ‘papa mais lido da história’.

O curioso é que a decisão do então Sumo Pontífice, comunicada em fevereiro, encontra ‘precedente’ na própria literatura.

No livro Luz do Mundo – O Papa, a Igreja e os Sinais dos Tempos (Paulinas, 248 páginas, R$ 25,00), publicado no Brasil no ano passado, o papa emérito já confessava ao jornalista católico alemão Peter Seewald: "Sim, se um papa percebe claramente que não tem mais condições físicas, psicológicas e espirituais de encarregar-se dos deveres de seu cargo, ele tem o direito e, sob certas circunstâncias, a obrigação de renunciar".

As intrigas em voga no Vaticano, que algumas correntes da Igreja Católica relacionam diretamente com a polêmica papal, também foram reveladas em livro que chegou nas prateleiras meses antes da notícia que abalou os brasileiros durante o Carnaval.

Sua Santidade – As Cartas Secretas de Bento XVI (LeYa Brasil, 320 páginas, R$ 39,90), do jornalista italiano Gianluigi Nuzzi (autor de outro best-seller, Vaticano S. A., publicado pela Larousse em 2010), compila documentos confidenciais que tinham sido enviados a Bento XVI pelo seu então secretário pessoal, Gerog Gaenswein.

A bibliografia é vasta e aumenta com os livros escritos pelo próprio Joseph Ratzinger (que somam mais de 600 títulos e estão saindo nacionalmente por editoras como a Planeta e a Paulus), e as biografias sobre ele (como a famosa Meu Irmão, o Papa, escrita por Georg Ratzinger, e a recente O Homem que Não Queria Ser Papa, do correspondente alemão no Vaticano Andreas Englisch).

Os leitores que procuram ficções inspiradas na trajetória do segundo papa a renunciar na história do catolicismo também tem o seu filão.

O thriller policial Crimes no Mosteiro (Órion Editora, 308 páginas, R$ 29,90), do blogueiro brasileiro Tagil Oliveira Ramos, penetra nos bastidores da política do Vaticano e prevê um sucessor negro e progressista à vaga deixada pelo papa emérito. O livro está sendo vendido impresso e em versão digital para e-book.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.