Cultura

Novo tom digital de Jobim

Nova versão do portal Tom Jobim será lançado no dia em que o cantor e compositor carioca completaria 86 anos.



Divulgação
Divulgação
Idealizado pelo Instituto Antonio Carlos Jobim, o acervo do site conta com 9.435 itens arquivados do homenageado

A partir de amanhã, os internautas poderão acessar o portal Tom Jobim totalmente remodelado, com layout, conteúdo e ferramentas repaginadas.

No dia em que o maestro e compositor carioca completaria 86 anos, a nova versão do site foi desenvolvida também para ter acesso através dos formatos iPad e android.

A grande novidade do portal dedicado a um dos criadores da bossa nova é uma área especial chamada Hotsite Tom Jobim, que possibilita uma navegação diferenciada e dinâmica da visualização do acervo. A navegação é estruturada por dois possíveis caminhos: através da obra ou da linha do tempo da trajetória do maestro.

Acessando o link ‘obra’, o internauta navegará pelas músicas de Tom Jobim, que podem ser visualizadas através dos álbuns, dos anos ou por ordem alfabética. É possível ouvir as músicas, saber em quais álbuns elas foram gravadas, além de numerar curiosidades sobre as canções visualizadas.

Já na opção ‘linha do tempo’, o usuário tem uma visão linear da vida e obra do maestro, sendo possível ter acesso a fotos, documentos, áudios, vídeos e álbuns. Também estarão disponíveis textos sobre os momentos marcantes de sua vida e as frases de sua autoria.

OUTROS ACERVOS

Idealizado pelo Instituto Antonio Carlos Jobim, o acervo do site conta com 9.435 itens arquivados do homenageado.

O portal também hospeda a obra de grandes artistas brasileiros, como Dorival Caymmi (4.311 itens arquivados), Chico Buarque (5.901 itens), Gilberto Gil (17.674 itens), Paulo Moura, Milton Nascimento (os dois últimos em processo de catalogação), e ainda os projetos do arquiteto Lúcio Costa (com 3.977 itens arquivados).
Todos os patrimônios estão estruturados e arquivados através do sistema DSpace, programa de código aberto desenvolvido para a catalogação e preservação digital.

Através do portal do instituto, o internauta poderá navegar por novas áreas, antes restrita aos próprios acervos digitais, apresentando o órgão, os projetos realizados, área de imprensa e agenda do Espaço Tom Jobim, que compreende o Teatro Tom Jobim, o Galpão das Artes e a Casa do Acervo (que abriga o acervo pessoal físico e digital do maestro no Rio de Janeiro).

O projeto foi desenvolvido com o patrocínio da Petrobras, a partir da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura (MinC).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.