Cultura

Mostra de clipes em JP

Mostra ‘Conexão Vivo Movida’ passa por João Pessoa, exibindo nove documentários musicais e 48 videoclipes, produzidos nos últimos 3 anos.




Entre os dias 31 de maio e 3 de junho, a Paraíba entra na rota da primeira edição da mostra ‘Conexão Vivo Movida’, que oferece um diálogo entre a música e o audiovisual, com exibição de 57 obras produzidas nos últimos três anos.

São nove documentários musicais e 48 videoclipes que disputam R$ 35 mil em prêmios e circulam por quatro capitais além de João Pessoa: Goiânia, Belo Horizonte, Salvador e São Paulo. O lançamento será feito no dia 1º de maio, dentro do festival Bananada, em Goiânia, e a última etapa do projeto será realizada em São Paulo, de 12 a 15 de julho.

As obras foram selecionadas a partir de edital aberto no segundo semestre do ano passado, por curadoria formada por Leandro HBL, Conrado Almada e Eduardo de Jesus.

O estado paraibano é representado por dois clipes. "Lelê" (2009), produzido por Carlos Dowling e Shiko para música do Chico Correa & EletronicBand, e "Baptista, o maquinista" (2011), também produzido por Dowling, desta vez para a banda Burro Morto.

Recentemente, "Lelê", clipe animado pelo traço de Shiko, ganhou o troféu de bronze na categoria animação no 2nd Hong Kong International Mobile Film Award, na China.

Dos nove documentários, o paraibano José Joffily está concorrendo com seu Prova de Artista (2011), sobre jovens músicos que perseguem o sonho de integrar uma grande orquestra sinfônica.

"O que podemos perceber em alguns dos trabalhos são soluções simples que geram resultados ousados e criativos propondo novas relações entre som e imagem", ressalta o curador Eduardo de Jesus. "Alguns apostam na experimentação formal, emulando a videoarte dos anos 70, enquanto outros emplacam referências diretas do cinema, da animação ou mesmo do registro da performance."

PREMIAÇÃO
O prêmio de R$ 35 mil será através de um corpo de jurados, os espectadores da mostra e internautas.

A votação do público vai premiar cinco videoclipes e cinco documentários com R$ 2 mil em cada capital visitada. A Comissão Julgadora é formado por 15 jurados, sendo três representantes regionais de cada uma das cinco capitais. O júri concederá um prêmio para cada categoria no valor de R$ 5 mil.

No mundo virtual, o clipe mais votado no portal Conexão Vivo www.conexaovivo.com.br receberá um montante de R$ 5 mil.

Para a primeira edição do ‘Conexão Vivo Movida’ foram inscritos 210 videoclipes e 40 documentários dos quatro cantos do país. O conjunto de obras inscritos trouxe uma marca típica destes tempos, segundo Eduardo de Jesus. "Imagens produzidas por diversos tipos e formatos de câmeras, que circulam pelas mais variadas plataformas e telas, inseridas nas mais diversas formas de circulação de imagens, em novos e inusitados circuitos”, avalia.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.