Cultura

Morre o músico paraibano Dejinha de Monteiro

Sanfoneiro lutava contra um câncer no intestino, mas não resistiu.




Foto: divulgação/facebook

O cantor e compositor paraibano José Djair bispo Lourenço, popularmente conhecido como Dejinha de Monteiro, morreu na manhã deste domingo (22), em João Pessoa. O sanfoneiro tinah 67 anos e lutava contra um câncer no intestino. Ele faleceu em um hospital da capital.

A morte foi confirmada pelo filho do cantor Davi, que publicou mensagem em sua página no Facebook. “É com dor e pesar que noticio o falecimento do meu amado pai Dejinha de Monteiro”, declarou, por volta das 7h deste domingo.

O corpo de Dejinha deve chegar em Monteiro por volta das 13h e será velado na casa onde o artista morava. Por volta das 21h, o corpo deve ser encaminhado para a Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores para a continuação do velório. Na manhã da segunda-feira (23) haverá uma missa de corpo presente na Igreja Nossa Senhora das Dores, em Monteiro, às 7h. O horário da celebração ainda não foi definido. Já o sepultamento vai acontecer no cemitério municipal de Monteiro, às 8h30.

É com dor e pesar que noticio o falecimento do meu amado pai Dejinha de Monteiro

Publicado por Davi Lourenço em Domingo, 22 de dezembro de 2019

Sobre o artista

Dejinha de Monteiro nasceu em 1952 na cidade de Monteiro, na Região do Cariri paraibano. Ele era um dos 13 filhos do casal de agricultores Sebastião Bispo Lourenço e Justina Maria da Conceição. Aos 16 anos foi para o Rio de Janeiro e se apresentou nas Rádios Globo e Nacional, em seguida vieram os convites para tocar nas melhores casas de shows do Rio de Janeiro, ao lado de grandes nomes da música como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Trio Nordestino, Os três do Nordeste, Luiz Vieira, As Irmãs Galvão, entre outros.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.