Cultura

Jornada homenageia o poeta Manoel Monteiro em CG

Programação ocorre nesta terça-feira (30) no Museu de Arte Popular da Paraíba.



Divulgação
Divulgação
Poeta Manoel Monteiro morreu em junho deste ano

A 3ª edição da Jornada de Estudos sobre Poéticas da Oralidade ocorre nesta terça-feira, das 8h30 às 11h30 no Museu de Arte Popular da Paraíba (MAPP), em Campina Grande. O evento, que tem a realização da Biblioteca de Obras Raras Átila de Almeida e da pró-reitoria de cultura da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), homenageia este ano o poeta Manoel Monteiro, morto em junho deste ano.

A programação terá a participação de músicos, poetas, pesquisadores, amigos e familiares do artista. Além de apresentações, conversas em prosa e verso, depoimentos e mesa-redonda, haverá o lançamento de livros. Entre os convidados estão Luizinho Calixto, José Laurentino, Fred Ozanan, Bruno Gaudêncio, Astier Basílio e Rodrigo Apolinário.

De acordo com a professora Joseilda Diniz, organizadora do evento, a ideia é pensar o cordel sob o contexto deste século, com o discurso fincado na desconstrução de um discurso estanque de que o cordel era uma literatura de patamar inferior.

Entre as publicações que vão ser lançadas durante a Jornada de Estudos sobre Poéticas da Oralidade, destaque para um folheto de cordel feito em homenagem ao poeta Manuel Monteiro, que foi o mais importante cordelista de sua geração, teve mais de 200 folhetos publicados e era membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel (ABLC).

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.