Cultura

Imagem da música

Mostra gratuita  ‘Conexão Vivo Movida’ traz vídeos e documentários musicais; as exibições acontecerão na Usina Cultural Energisa.




Com entrada gratuita, começa nesta quinta-feira, às 20h, na Usina Cultural Energisa, em João Pessoa, a mostra do projeto itinerante ‘Conexão Vivo Movida’.

Videoclipes e documentários musicais de todas as partes do país passarão na qualidade full HD na Sala Vladimir Carvalho hoje e domingo, inclusive produções paraibanas.

Entre os vídeos da sessão de hoje, o clipe da música "Navalha cega", do Burro Morto, produzido por Juliano Augusto e Marcelo Dante, em 2010.

Além da capital paraibana, o ‘Conexão Vivo Movida’ circula por Goiânia, Belo Horizonte, Salvador e Recife.

Os vídeos foram selecionados por meio de edital público, refletindo a amplitude de abordagens estéticas e estilísticas, em um segmento da produção audiovisual que ainda encontra dificuldades em termos de sustentabilidade no mercado.

VOTAÇÃO
As 57 obras selecionadas via edital concorrem a R$ 35 mil em prêmios, divididos em três instâncias de votação: o público durante as apresentações, uma comissão julgadora formado a cada cidade e os internautas, que também podem votar via SMS do celular.

As informações estão disponíveis no site oficial do projeto www.conexaovivo.com.br/movida

DEBATES
Antes das sessões, o projeto traz reflexões sobre a produção audiovisual com duas mesas de debates.

Nesta quinta-feira, às 14h, no mesmo local, o tema será ‘Clipe é para TV ou Internet? – Os Novos Circuitos do Videoclipe’, com os debatedores Leandro HBL e Arthur Pessoa. A proposta é discutir o clipe nascido da televisão, mas que assume novas possibilidades criativas na web.

No segundo dia, 3 de junho, a partir das 16h, o debate será intitulado ‘Clipe ou Cut and Paste – Referências e Recorrências da Criação de Clipes’.

Os convidados para compor a mesa serão Leandro HBL, Sarah Luna e Pedro Osmar. A reflexão gira em torno da originalidade no ambiente dos videoclipes e da cultura pop em si.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.